VEREADORES DERRUBAM VETO DE PÁTIO E MANTÊM PROJETO QUE AUMENTA FISCALIZAÇÃO PARA CONTRATADOS DA PREFEITURA

VEREADORES DERRUBAM VETO DE PÁTIO E MANTÊM PROJETO QUE AUMENTA FISCALIZAÇÃO PARA CONTRATADOS DA PREFEITURA

Os vereadores derrubaram por 17 votos favoráveis e apenas dois contra, o veto do prefeito Zé do Pátio (SD), ao Projeto de Lei substitutivo nº 001 de autoria do vereador Thiago Muniz (PPS). O PL versa sobre a Câmara Municipal de Rondonópolis fiscalizar e autorizar à adesão de ata de registro de preço para a contratação de pessoal, conforme preceitua a Lei Orgânica do Município no seu artigo 28 e seguinte.

Thiago Muniz destaca que o projeto colabora com a transparência, fiscalização e bom uso do dinheiro público. “As pessoas cada vez mais tem observado o trabalho dos seus legisladores locais, e nós como seus representantes temos o poder de fiscalizar o Executivo e colaborar para a contratação de pessoas qualificadas para o serviço público”, explicou.

De acordo com o projeto, o Executivo Municipal, autarquias e economias mistas ficam autorizadas a aderirem atas de registros de preços para contratação de pessoal, desde que haja prévia autorização legislativa.

Para o vereador, muitos projetos do legislativo estão sendo vetados e acredita que o prefeito deveria valorizar mais o trabalho dos vereadores.

 

ASSESSORIA

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

MULHERES COM BOLSONARO E O OUTDOOR EM RONDONÓPOLIS

Um grupo de mulheres Bolsonaristas, inauguraram um outdoor em apoio ao presidente nas avenidas Júlio campos em Rondonópolis O objetivo do grupo, é reforçar a importância da participação e apoio

Notícias

MEDEIROS ESCLARECE MENÇÃO DA PGR SOBRE SEU ENVOLVIMENTO COM PERFIS FALSOS E ROBÔS

Após a divulgação de matéria envolvendo o nome deputado Jose Medeiros (Pode), em uma investigação da Procuradoria geral da republica sobre perfis falsos e utilização de robôs que estariam sendo

Brasil

GUERRA NA DIREITA : BOLSONARISTA E APOIADORES DE MORO FAZEM MANIFESTAÇÃO EM FRENTE A PF

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e do ex-juiz Sergio Moro fizeram concentrar na entrada da sede da superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, aguardando a chegada do ex-ministro, que prestará depoimento neste sábado. Cerca de 50

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta