VEREADOR DE RONDONÓPOLIS NOS “HOLOFOTES DA FAMA”

VEREADOR DE RONDONÓPOLIS NOS “HOLOFOTES DA FAMA”

Nos bastidores da política da câmara de vereadores de Rondonópolis um dos nobres parlamentares está sendo chamado de “Holofotes da Fama”. Isso porque segundo as informações o nobre edil, tem nos últimos meses aparecido constantemente em redes sociais e grupos de whatsapp com vídeos de obras que estão sendo realizadas e demandas atendidas pela prefeitura municipal de Rondonópolis.Cujo prefeito é seu aliado, haja vista o número de cargos que conseguiu emplacar na gestão atual, comenta-se que cerca de 30 cabos eleitorais estão lotado no executivo sob sua benção.

No entanto o que está gerando um desconforto entre os demais colegas parlamentares, é que o “Steven Spielberg às avessas, uma alusão à péssima qualidade com que seus vídeos são produzidos, tem simplesmente abocanhando as indicações e os projetos que são realizados em conjunto com outros vereadores e assumido sozinho a autoria dos feitos.

Fica a dica,” Quem tudo quer nada tem”

Marreta neles!

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Marretadas 0 Comentários

MINHA TETA, MINHA VIDA : REJEITADA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE REDUÇÃO DE VEREADORES

Já era de esperar, a maior preocupação de quem “mama é perder a teta”, e não seria diferente em Rondonópolis-MT, onde um projeto que prevê a redução do número de

Destaques 0 Comentários

EDITORIAL: SECRETÁRIO KLEBER SERÁ INVESTIGADO POR PRESSIONAR 3 SERVIDORES A TRABALHAREM?

É isso mesmo? Os chefes serão processados por cobrar que seus subordinados trabalhem e cumpram com seus deveres?!!! Que país é esse?!!! Então nosso editorial irá cobrar providências do Ministério

Mato Grosso

Mulher é estuprada e o acusado chora arrependido e comete o crime novamente.

Mulher de 40 anos, que atua como garota de programa, foi estuprada por um cliente, na madrugada de segunda-feira (18), em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá). Depois da

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta