VENEZUELA SE APROXIMA DE UMA GUERRA CIVIL

VENEZUELA SE APROXIMA DE UMA GUERRA CIVIL

O presidente da Assembleia Nacional venezuelana, Juan Guaidó, convocou para hoje a população às ruas em mais uma onda de protestos contra o governo Maduro.

Um de seus objetivos é distribuir aos militares que estiverem acompanhando cópias da anistia concedida a todos que se erguerem contra o regime. À imprensa russa, Maduro afirmou estar pronto para negociar com a oposição.

Guga Chacra: “A probabilidade de uma guerra civil na Venezuela cresceu. Nicolás Maduro deve lutar para se sustentar no poder e ainda desfruta de enorme apoio dos militares, além de milícias pró-regime e mesmo de Cuba. Para completar, recebeu o suporte da Rússia, que não entraria em um conflito, mas já começou a armar o regime. A oposição segue liderada por civis contrários a um conflito. Mas há movimentos anti-Maduro, incluindo militares desertores, que podem pegar em armas para lutar. Inclusive, eles têm pedido ajuda aos EUA. Apesar de os americanos não terem a intenção de uma intervenção militar, há membros no governo Trump que simpatizam com esta ideia.”

Redação com Meio

Compartilhe: