“VENDEU A ALMA PRO DIABO CUIABANO”, DIZ EX-SECRETÁRIO DE ZÉ DO PÁTIO

“VENDEU A ALMA PRO DIABO CUIABANO”, DIZ EX-SECRETÁRIO DE ZÉ DO PÁTIO

Valdecir Feltrin-Foto: Reprodução.

Mudanças no “staff “de qualquer governo seja na esfera federal, estadual ou municipal são corriqueiras e normais, afinal cabe ao gestor procurar melhorar a cada dia, e tentar corrigir as áreas que assim necessitem. Muitas vezes a troca de comando em determinado setor pode trazer melhores resultados.

Em Rondonópolis, no entanto, uma mudança no secretariado da gestão do prefeito Zé Carlos do Pátio (SD), está dando o que falar. Trata-se da exoneração do titular da Secretaria de Receita de Rondonópolis, o economista Valdecir Feltrin que passou por três gestões diferentes: Carlos Bezerra, Percival Muniz e Zé do Pátio.

Apelidado de “homem forte da Receita”, com atuações técnicas e sem preocupação política, havia participado da primeira gestão Pátio como secretário de Saúde.

O secretário Valdecir Feltrin abandonou a gestão do prefeito Zé do Pátio, mesmo tendo sido nomeado para outra pasta como secretário do Planejamento, Coordenação e Controladoria Geral conforme publicação no Diário Oficial (Diorondon-e).

A pergunta que não quer calar, afinal porque Valdecir Feltrin recusou continuar na gestão de Pátio?

A versão oficial é de que foi nomeado para outra pasta e recusou a proposta.

No entanto suas publicações nas redes sociais em um grupo de WhatsApp não endossam a versão oficial.

 

O desabafo do ex-secretário em suas mensagens parece demostrar que existe um motivo muito forte para que ele tenha desistido de colaborar com a gestão atual. Afinal qual será o motivo real? Vender a alma ao diabo cuiabano? Quem seria o diabo cuiabano?

Redação

Compartilhe: