VALTENIR É A FAVOR DA LAVA JATO E RESSALTA QUE “INDUSTRIA DA DELAÇÃO” DEVE SER INVESTIGADA

VALTENIR É A FAVOR DA LAVA JATO E RESSALTA QUE “INDUSTRIA DA DELAÇÃO” DEVE SER INVESTIGADA

O deputado federal Valtenir Pereira (MDB) destacou nesta terça-feira (19), que é a favor da operação Lava Jato, que ela deve continuar a pleno vapor, porque presta relevantes serviços à nação no combate à corrupção.

De acordo com o deputado, o objetivo principal da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Delações é fazer uma investigação sobre a chamada “Indústria da delação” por haver veementes indícios de venda de proteção em delações premiadas por parte de advogados e delatores.

O que chamou atenção para instauração da CPI foram às delações dos doleiros Vinícius Claret, o Juca Bala, e Cláudio de Souza, integrantes do esquema comandado por Dario Messer, chamado de “doleiro de todos os doleiros”, eles acusam o advogado Antonio Figueiredo Basto, um dos maiores especialistas do País em colaborações premiadas, de cobrar uma “taxa de proteção” de US$ 50 mil mensais (cerca de R$ 185 mil) de outros integrantes do esquema entre 2005 e 2013.

O dinheiro, segundo pessoas que acompanham o caso, seria para proteger outros participantes de futuras delações. Em 2004, Basto intermediou a colaboração do doleiro Alberto Youssef no caso Banestado. Homologada pelo juiz Sérgio Moro, foi a primeira delação premiada do Brasil nos moldes atuais.

O deputado Valtenir Pereira também questiona as diversas omissões e contradições em várias delações premiadas, o que pode indicar que foram manipuladas. O parlamentar ressalta que uma série de incertezas ronda esses acordos e que delatores agiram com a clara intenção de ludibriar o Ministério Público e proteger aliados, em conduta claramente desleal e afrontosa a Justiça.

Um dos pontos que será analisado e enfrentado pela CPI das Delações, é a consequência jurídica da omissão de fatos por um colaborador ou da apresentação de versões diferentes entre eles, propondo o aperfeiçoamento do Instituto que tem produzido bons resultados no combate à corrupção em todo país.

O parlamentar ressalta que os trabalhos da Lava-Jato têm sido essencial para o combate à corrupção no Brasil, tendo seu integral apoio, e destaca que a CPI das delações não tem qualquer poder para anular a Lava Jato ou qualquer outra operação.

O papel da CPI é investigar e propor aperfeiçoamento na legislação e fazer sugestões e recomendações ao Ministério Público Federal (MPF) em relação às denúncias contra delações que está se transformando numa verdadeira indústria.

No entanto, lamenta a forma deturpada como a CPI das Delações está sendo tratada na imprensa e na formação da Opinião Pública brasileira, o que leva o deputado Valtenir Pereira a adotar prudência nesse momento de “Caça as Bruxas”, retirando a sua assinatura do requerimento de instalação.

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

VALDIR COLATTO DISPARA “FUNDO PARTIDÁRIO É UM TAPA NA CARA DO BRASILEIRO”

O deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC), fez um pronunciamento na Câmara dos Deputados e disparou contra o novo fundo partidário para financiar campanhas eleitorais. Que destina surpreendentes R$ 3,5 bilhões

Política 0 Comentários

PM recolhe material de campanha da petista Gleisi Hoffmann

A apreensão do material de campanha da presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) foi feita no centro de Curitiba, no Estado do Paraná. A Polícia Militar apreendeu no centro de

Política 0 Comentários

VEREADOR THIAGO SILVA COBRA REVISÃO DOS TERRENOS NOS SETORES INDUSTRIAIS

O vereador Thiago Silva (PMDB), usou a tribuna da Câmara Municipal da última quarta-feira (7), para mais uma vez cobrar da Prefeitura Municipal de Rondonópolis um posicionamento quanto à revisão

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta