USO DE MÁSCARA – Agora é lei Federal

USO DE MÁSCARA – Agora é lei Federal

É obrigatório manter boca e nariz cobertos por máscara de proteção individual.

A Lei 14.019 está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (3)

O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos a lei que torna obrigatório o uso de máscaras de proteção individual para circulação em espaços públicos e privados, incluindo transportes como ônibus, táxis, carros de aplicativos, aeronaves e embarcações, como medida para combater o contágio do novo coronavírus.

“Art. 3º-A. É obrigatório manter boca e nariz cobertos por máscara de proteção individual, conforme a legislação sanitária e na forma de regulamentação estabelecida pelo Poder Executivo federal, para circulação em espaços públicos e privados acessíveis ao público, em vias públicas e em transportes públicos coletivos, bem como em:

I – veículos de transporte remunerado privado individual de passageiros por aplicativo ou por meio de táxis;

II – ônibus, aeronaves ou embarcações de uso coletivo fretados;

 8º As máscaras a que se refere o caput deste artigo podem ser artesanais ou industriais.”

Entre alguns, o presidente Bolsonaro vetou o dispositivo que obrigava órgãos e entidades públicas a fornecerem máscaras de proteção individual. Segundo as razões do veto, “a medida institui obrigação ao Poder Executivo e cria despesa obrigatória ao Poder Público, sem que se tenha indicado a respectiva fonte de custeio, ausente ainda o demonstrativo do respectivo impacto orçamentário e financeiro”.

Christina Santos

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

Comissão proíbe cobrança da primeira via de diploma por universidades e escolas

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 761/19, que veda a cobrança da primeira via de diplomas e outros documentos acadêmicos por universidades e escolas

Destaques 0 Comentários

Homem mata colega de trabalho durante festa de aniversário em MT

Um homem de 51 anos, identificado como Nivaldo Ferreira de Queiroz, foi assassinado a tiros durante uma festa de aniversário na tarde deste domingo (13), em Vila Bela da Santíssima

Mato Grosso

Deputado Silvio Fávero pede suspensão de cobranças de consignados para servidores públicos

Considerando a grave crise econômica que o país vem atravessando em função da pandemia do novo coronavirus, causador da CoVID-19, o deputado estadual Silvio Fávero estabeleceu um Projeto de Lei no qual ele cita a suspensão por tempo determinado da cobrança de consignados