UNIMED RONDONÓPOLIS: SUCESSÃO DE IMPRUDÊNCIAS E NEGLIGÊNCIAS

UNIMED RONDONÓPOLIS: SUCESSÃO DE IMPRUDÊNCIAS E NEGLIGÊNCIAS

Mais uma vez a unidade hospitalar da Unimed em Rondonópolis-MT (216 km de Cuiabá), está envolvida em denúncias, desta vez seria sobre uma série de negligências e imprudências que teria acontecido com a paciente Alaíde Resende Sandin. A denúncia partiu do filho, o procurador federal aposentado Emerson Sandin, que relatou  a reportagem do Marreta Urgente.

Sua mãe Alaide de 89 anos, foi internada dia 29 de dezembro por conta de uma cirurgia no fêmur, permanecendo na UTI. Posteriormente acabou tendo alta médica sem realização de exames básicos como hemograma, entre outros. O fato é que a paciente ao retornar para casa começou a passa mal, e teve que ser levada novamente para o hospital da Unimed (Pronto Socorro), onde o médico atestou infecção urinaria e tendo sido novamente internada na UTI , onde foi identificada uma anemia e poucas proteínas no sangue.

A família entende que a alta do pós-operatório, foi precoce e por isso as complicações ocorreram na paciente. Internada novamente a paciente permaneceu sem a presença do profissional médico enquanto ela esteve no quarto.

O profissional médico afirmou que a Unimed, o paga para que ele passe apenas uma vez por dia para ver os pacientes, e vai mais além explicou que não há médico no setor de enfermagem, pois é o médico do pronto socorro que deve atuar no local. Ou seja, se houver ocorrências no Pronto Socorro e na enfermagem, como será feito o procedimento de atendimento médico?

A sonda urinária que a paciente utilizava estava transbordando e não havia disponibilidade da enfermagem para a troca, sequer para o atendimento.

“O médico vai se dividir em dois?

” Jamais imaginei que pagaria um plano tão desumano para que meus pais fossem tratados desta forma negligente, por aqueles que não estão dando a mínima para um idoso enfermo. Uma sucessão de imprudências e negligencias.”

Emerson Sandin

A família comunicou o Ministério Público em Rondonópolis e pretende tomar as medidas competentes, para que fatos como esse não aconteçam em uma unidade hospitalar.

OUTRO LADO

Não conseguimos contato com a direção do hospital da Unimed, mesmo assim o espaço segue aberto para que a empresa apresente suas considerações sobre os fatos relatados.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

ENERGIA SOLAR: BOLSONARO GARANTE NINGUÉM VAI TAXAR O SOL E PONTO

Depois de criticar a proposta da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) de taxar a energia solar, o presidente Jair Bolsonaro disse que o governo está trabalhando com a agência

Polícia 2 Comentários

TABORELLI TEM PRISÃO REVOGADA POR JUIZ DURANTE AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA NA 2ª VARA CRIMINAL

Segunda Vara Criminal de Cuiabá revogou o mandado de prisão ao suplente de deputado estadual coronel Pery Taborelli. De acordo com a defesa do parlamentar, patrocinada pelo advogado Marcelo Coelho,

Notícias 0 Comentários

VEREADOR PERDE AÇÃO JUDICIAL CONTRA BLOGUEIRO EM MT

O juiz da Comarca de Jaciara, Ednei Ferreira dos Santos julgo IMPROCEDENTE uma ação judicial proposta pelo presidente da Câmara Municipal de Jaciara-MT (144 Km de Cuiabá), vereador Vanderlei Silva

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta