UM PROBLEMA PARA BOLSONARO RESOLVER NO MT

UM PROBLEMA PARA BOLSONARO RESOLVER NO MT

Uma pesquisa interna, da qual o Marreta Urgente teve acesso, realizada em cerca de 10 municípios do estado do Mato Grosso, apontou um problema que Bolsonaro terá que resolver.

O pré-candidato do PSL ao Governo, Dilceu Rossato, foi mal pontuado em todos os 10 municípios pesquisados. Sendo que em alguns, nem foi lembrado. Em contra partida o deputado federal Victório Galli pontuou em todos os municípios, estando em primeiro ou segundo lugar para Federal nos maiores municípios, como Várzea Grande e Cuiabá. Até em Barão de Melgaço Galli surpreendeu os contratantes da pesquisa.

As lideranças políticas do PSL ligaram o sinal de alerta, e caso não apareça melhor colocado nas próximas avaliações pode ser que Bolsonaro tenha que decidir se vai lançar Rossato ou colocar a responsabilidade sobre outro nome. Ou tomar uma decisão de coligar com algum outro majoritário.

O nome de Mauro Mendes e Otaviano Pivetta já foram ventilados e citados para Bolsonaro em reunião realizada ainda no ano passado, em 2017. Na época, cogitava-se a possibilidade de uma coligação com Mauro Mendes ou a filiação de Pivetta ao Patriotas.

Victório Galli é pré-candidato à reeleição como deputado federal. Sua reeleição é tida como prioridade pela cúpula nacional do PSL, em especial pelo Jair Bolsonaro.
O PSL de MT tem 3 diamantes mato-grossenses, Victório Galli, Selma Arruda e Nelson Barbudo, inclusive Galli considera as vitórias de Barbudo e Selma como muito prováveis e como prioritárias, segundo informações de bastidores.

A boa avaliação do nome de Galli justifica os insistentes contatos de gigantes da política mato-grossense ao parlamentar conservador. O PMDB Nacional chegou a oferecer o comando do partido ao Galli, para então se tornar o herdeiro do trono do histórico Carlos Bezerra. Além do próprio PSC pedir para que ele ficasse; outros pré candidatos ao governo já ofereceram a vice-governadoria ao Galli.

Por sua vez, Galli tem dito que está tranquilo, irá para a reeleição e que seu foco será a construção de chapas fortes para estadual, federal e, também, ser um soldado para eleger Selma ao Senado. E, segundo várias declarações de Galli, Rossato é o nome que tem prioridade dentro do partido pra ir ao governo, porém essa decisão passa pelo próprio Rossato e por Bolsonaro.

Galli, mesmo tendo seu nome bem avaliado em pesquisa interna, não parece querer disputar o governo do MT. Ele próprio já descartou essa possibilidade.

Dilceu Rossato o pré-candidato do PSL é conhecido como “o milionário com patrimônio declarado de quase R$ 100 milhões” e ex-prefeito de Sorriso. Rossato tem várias fazendas de produção de soja, milho, feijão e peixe, além de ser proprietário de uma usina de álcool. Ex-prefeito por duas vezes de Sorriso, Rossato não alcançou o mesmo sucesso no último pleito em sua cidade, sendo derrotado em 2016. Sua campanha teve como coordenador de Marketing o ex-secretário de Cultura do Governo Taques, Kleber Lima.

Quando o assunto é “Campanha Majoritária”, a última palavra será de Bolsonaro. E, até lá, muita coisa pode mudar.

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

Cármen Lúcia homologa as delações de 77 executivos da Odebrecht

Presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, homologou as 77 delações de executivos e ex-executivos da construtora Odebrecht. Agora, o material será encaminhado para a Procuradoria-Geral da Républica, que vai

Destaques 0 Comentários

VEREADOR “KAMIKAZE” DETONA MESA DIRETORA DA CÂMARA EM PRIMAVERA DO LESTE

Na sessão da câmara de vereadores nesta segunda (18/11) em Primavera do Leste (244 km de Cuiabá), o vereador Antônio Marcos (PP), o popular “Piru”, fez duras críticas aos colegas

Mato Grosso 0 Comentários

DEPUTADO REZENDE CHAMA SINFRA PARA VERIFICAR SITUAÇÃO DE OBRAS

O deputado estadual Sebastião Rezende fez um convite para que representante da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra) estivesse acompanhando o andamento de algumas obras executadas pelo poder público estadual