TRE-MT ENQUADRA SENADOR CARLOS FÁVARO

TRE-MT ENQUADRA SENADOR CARLOS FÁVARO

O PRAZO DE 72 HORAS PARA EXPLICAR DISPARO DE MENSAGENS EM MASSA

O senador Carlos Fávaro (PSD) tem o prazo de 72 horas para explicar ao Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE) se contratou empresa para realizar disparo de mensagens de publicidade em massa, via WhatsApp, sob multa no valor de R$ 3 mil.

Na liminar ainda consta que as operadores de telefonia móvel ( Oi, Tim, Vivo, Claro) informem os dados cadastrais dos titulares das linhas telefônicas (11) 94497-XXXX e (51) 9547-XXX, no prazo de 5 dias, sob pena de multa no mesmo valor.

O Partido Social Liberal (PSL) entrou com uma ação cautelar no TRE no último dia 13 contra o senador, exigindo que a Justiça tomasse atitudes cabíveis em relação a autopromoção do candidato ao Senado antecipadamente.

Carlos Fávaro (PSD) tomou posse como senador em 17 de março, logo após o Senado ter decretado a perda do mandato de Selma Arruda (PODE) por caixa 2 e abuso de poder econômico. Ele assumiu por meio de uma liminar do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, que atendeu ao pedido do governador Mauro Mendes (DEM), que solicitou a posse do 3º colocado nas eleições de 2018.  

Redação com Gazeta Digital

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

EDINHO PAIVA SE APRESENTA COMO O NOVO E TENTA VIABILIZAR CANDIDATURA A DEPUTADO PELA REGIÃO DE ALTA FLORESTA

Com visão política voltada para o setor produtivo, de olho nas novas perspectivas geradas pela expansão da agricultura em larga escala, o empresário Edinho Paiva (PR) tem se apresentado aos

Destaques

Preso: Suspeito de participar de execução da diretora do Sanear

Através de uma denúncia anônima, a PM realizou a prisão de um suspeito de ter participado da execução da diretora do Sanear, Terezinha Silva, na manhã de sexta-feira (15) em

Política

Luizão é Vítima de “FakeNews” em Redes Sociais

Em Rondonópolis, o candidato a prefeito Luizão (republicanos), tem sido vítima de fake News nas redes sociais, circula uma foto onde o candidato e outros apoiadores, entre eles o deputado