Foto: Wheverton Barros TRANSPORTE COLETIVO: COMISSÃO FINALIZA TRABALHOS PARA GARANTIR SERVIÇOS AOS CIDADÃOS

TRANSPORTE COLETIVO: COMISSÃO FINALIZA TRABALHOS PARA GARANTIR SERVIÇOS AOS CIDADÃOS

A Comissão do Transporte Urbano de Rondonópolis que contou com a participação da Prefeitura, empresa de Transporte Coletivo Cidade de Pedra, entidades, sindicatos e Câmara Municipal, finalizou na manhã desta quinta-feira (28) os trabalhos iniciados há algumas semanas. Um decreto que será publicado no Diário Oficial do Município oficializará a comissão e será precedido da publicação da ata da reunião. O prefeito Zé Carlos do Pátio participou, juntamente com os demais integrantes, das decisões tomadas.

A Comissão tomou as decisões para buscar garantir a estabilidade da empresa Cidade de Pedra até que seja realizada a próxima licitação, que deve ocorrer num prazo de quatro meses, para o transporte coletivo assim como assegurar o serviço ao cidadão.

Ficou definido pela comissão, que neste período de quatro meses, a passagem passa de R$ 3,80 para R$ 4,10, levando-se em conta que não havia reajuste há mais de um ano e meio, a decisão foi aprovada na tarde desta quinta-feira pelo Conselho Municipal de Trânsito. Já o repasse da prefeitura para a empresa referente ao passe-livre estudantil que era de 38% no valor da passagem, sobe para 50%.

A comissão decidiu ainda reiterar as leis federais que tratam da gratuidade do transporte para idosos e pessoas com deficiências encaminhando à Câmara Municipal uma regulamentação para tais leis.

Além disso, ficou detectado pela mesma comissão que o Índice de Passageiros por Quilômetro Rodado (IPK) de Rondonópolis está abaixo da média nacional e que este seria um dos motivos das licitações anteriores serem desertas.

Outro ponto identificado pela comissão e que levou aos fracassos nas tentativas nas licitações é o fato da cidade ser pouco adensada e o crescimento da renda média do trabalhador rondonopolitano que o levou a optar por outro meio de transporte.

Todas as medidas adotadas visam garantir o acesso ao cidadão o direito ao transporte público e a manutenção dos serviços prestados pela empresa Cidade de Pedra pelo período de quatro meses.

Redação com Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 2 Comentários

PROPAGANDA POLÍTICA EM ESCOLA DE RONDONÓPOLIS GERA POLÊMICA E INDIGNAÇÃO

Um flagrante de irregularidade e doutrinação política foi registrado e enviado a redação do Marreta Urgente. O local é a Escola Estadual de 1º Grau Prof. Carlos Pereira Barbosa que

Destaques 0 Comentários

AUMENTO SALARIAL : “COMO É QUE OS MAGISTRADOS VÃO SOBREVIVER?” DIZ LEWANDOWSKI

Por sete votos a quatro, os ministros do Supremo Tribunal Federal se outorgaram um reajuste salarial de 16,38%, que será incluído na proposta de orçamento de 2019. Atualmente, recebem R$

Notícias 0 Comentários

DELAÇÃO DE ALAN MALOUF HOMOLOGADA PELO STF ENVOLVE PEDRO TAQUES E NILSON LEITÃO

O acordo de delação premiada de Alan Malouf, empresário que diz ter participado de um esquema de repasses de caixa dois e desvio de dinheiro público que envolve o governador

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta