Toque de recolher: Gasp vai identificar quem descumprir decreto em Rondonópolis

Toque de recolher: Gasp vai identificar quem descumprir decreto em Rondonópolis

O Gabinete de Apoio à Segurança Pública (Gasp) em conjunto com o  Ministério Público de Rondonópolis e as forças de fiscalização de combate ao covid-19, iniciam nesta segunda-feira (29) uma fiscalização e monitoramento dos espaços públicos de lazer do município de Rondonópolis, tais como o Cais, Parque das Águas, Horto Florestal, Ponte Nova, ruas e calçadas utilizadas para caminhadas e aglomerações, além de parques, pesque e pague, academias a céu aberto em praças e locais semelhantes.

Em especial nesta segunda serão monitorados a Av. Otaviano Muniz (Ponte Nova) e Av. dos Estudantes, segundo as informações drones e câmeras fotográficas; serão utilizados para identificar veículos com data e horário. Para identificar aqueles que estiverem descumprindo o toque de recolher no município após as 19h.

Os vídeos e fotos serão encaminhados ao Ministério Público para identificar os proprietários dos respectivos veículos, que serão responsabilizados perante a lei.

Redação

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

Deputado Sebastião Rezende realizou sessão solene em Rondonópolis: profissionais civis e militares foram homenageados por serviços prestado à Escola Militar

Uma sessão solene da Assembleia Legislativa de Mato Grosso foi realizada na noite de segunda feira (17/2), nas dependências do Oratório Filhos de Dom Bosco, com o intuito de homenagear

Destaques 0 Comentários

FLÁVIO ROCHA DESISTE DA CANDIDATURA À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

O empresário Flávio Rocha (PRB) anunciou nessa sexta-feira a desistência de concorrer ao Palácio do Planalto nas eleições de 2018. Ele não descartou a possibilidade de abrir mão de sua

Política 0 Comentários

GALLI PASSA MAL E É INTERNADO EM VISITA A ALTA FLORESTA

O professor Victório Galli (PSC-MT) teve um mal súbito, enquanto cumpria agenda na cidade de Alta Floresta MT, após uma alteração da pressão arterial. O parlamentar foi medicado no hospital