THIAGO MUNIZ  VOLTA A CÂMARA COM FORÇA TOTAL

THIAGO MUNIZ VOLTA A CÂMARA COM FORÇA TOTAL

A licença de sessenta dias acabou e o vereador Thiago Muniz (PPS), retorna a câmara na sessão desta quarta feira (2).

Durante esse período o suplente Reginaldo dos Santos foi seu substituto e deu continuidade ao trabalho parlamentar.

No entanto o vereador, que tem se destacado como uma força oposicionista na câmara, volta com a energia recarregada. A posição de Thiago Muniz tem sido muito coerente nas questões prioritárias da gestão e ele tem se posicionado de forma a ser aquele que questiona sem barrar projetos e suma importância para a cidade, e ao mesmo tempo uma forma de balizar as situações que precisam ser questionadas.

Com coragem e ousadia seu retorno da um novo” tom’ nas discussões importantes da câmara uma vez que uma das funções do vereador é fiscalizar o executivo, e neste quesito Thiago tem sido extremamente competente, sem, contudo impedir o andamento daqueles projetos que visivelmente trazem benefícios para a cidade.

Assim o vereador Thiago Muniz realiza a oposição inteligente e necessária, para o bom andamento dos trabalhos e projetos na câmara de Rondonópolis.

 

Redação

 

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Prefeito inaugura nesta quinta (21), às 18h, Ponte no prolongamento da avenida Goiânia

Será inaugura nesta quinta-feira (21) pelo prefeito Zé Carlos do Pátio a Ponte Jesiel Serafim do Amaral sobre o Córrego Queixada no prolongamento da avenida Goiânia nas proximidades do bairro

Destaques 0 Comentários

SENADOR JOSÉ MEDEIROS PODE PERDER O MANDATO APÓS TSE REABRIR CASO DA “ATA”

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) determinou que a Polícia Federal (PF) realize uma perícia na ata de registro de candidatura do governador Pedro Taques (PSDB), ao Senado Federal, em 2010.

Variedades / Entretenimento 0 Comentários

ABERTA CONSULTA PARA EXTINGUIR IPVA; ASSINE A PETIÇÃO TAMBÉM!

No Brasil, o imposto pode incindir sobre a renda. o patrimônio e consumo. Sobre os veículos o imposto é cobrado através do ICMS e pelo IPI, sendo essas taxas consideradas

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta