Thiago defende gestão compartilhada na Santa Casa

Thiago defende gestão compartilhada na Santa Casa

Força tarefa pela saúde

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) defendeu uma força tarefa, por parte da classe política, para evitar o fechamento da Santa Casa de Rondonópolis. 
O parlamentar foi além e destacou a necessidade de que o Hospital passe a ser administrado em um sistema de gestão compartilhada, entre o Poder Público e o atual grupo que administra a unidade de saúde de Rondonópolis. “Vejo essa necessidade e desta forma todos participariam deixando a administração ainda mais transparente”, disse o parlamentar.
O deputado participou na sexta-feira (30) de audiência pública realizada pela Assembleia Legislativa, em Rondonópolis, para debater a situação da Santa Casa. Durante a reunião, a diretoria do Hospital fez um diagnóstico financeiro e administrativo e apontou uma dívida de R$ 24 milhões, grande parte gerada por atrasos em repasses e pelos valores da tabela SUS, que estariam defasados.
Thiago Silva disse que tem conversado com o Governo do Estado sobre o assunto e cobrado pontualidade nos pagamentos ao Hospital. “Nos últimos meses, o governo está fazendo os repasses dentro das datas e pagando ainda muitos que ficaram para trás da gestão anterior”, completou o deputado. 
Thiago Silva ainda explicou que esteve em Brasília participando de uma reunião com o presidente Bolsonaro, onde houve a confirmação da liberação, até o fim do ano, de mais de R$ 1 bilhão de recursos do FEX para Mato Grosso. “Eu defendo que parte desse recurso seja liberado para Saúde para atender necessidades como a da Santa Casa de Rondonópolis”, encerrou.
O parlamentar defendeu uma união da classe política, em torno da Santa Casa, para evitar o pior. “O fechamento é muito ruim para todos, principalmente pelo fato que cerca de 80% dos atendimentos da Santa Casa é feito via SUS”, completou. 
A Santa Casa é o principal hospital em funcionamento na região, atende 19 municípios do Estado, conta com Utis Infantil, Adulto e Neo-Natal e conta com estrutura para tratamento de Oncologia e atualmente realiza cirurgias cardíacas de peito aberto, pelo SUS,  dentre outras .

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Mato Grosso

MINISTÉRIO PÚBLICO APURA DENÚNCIAS DE PERSEGUIÇÃO AOS CONTROLADORES INTERNOS DE MT

Há pelo menos dois anos, os integrantes de diversas controladorias internas dos municípios de Mato Grosso estão se queixando de perseguições ora veladas, ora descaradas, principalmente nos municípios de Rondonópolis,

Brasil

SENADOR JOSÉ MEDEIROS PODE PERDER O MANDATO APÓS TSE REABRIR CASO DA “ATA”

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) determinou que a Polícia Federal (PF) realize uma perícia na ata de registro de candidatura do governador Pedro Taques (PSDB), ao Senado Federal, em 2010.

Saúde

Mais duas marcas de cervejas da Backer contaminadas com dietilenoglicol

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informou neste sábado que identificou a presença de dietilenoglicol em mais 11 lotes de cervejas Backer. Segundo o Ministério, agora são dez produtos da Cervejaria Backer contendo