TERRA SEM LEI: PREFEITO DE PEDRA PRETA ATROPELA LEI ORGÂNICA AO NOMEAR  SECRETÁRIO

TERRA SEM LEI: PREFEITO DE PEDRA PRETA ATROPELA LEI ORGÂNICA AO NOMEAR SECRETÁRIO

Após ser denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) por Ato de Improbidade, o  prefeito de Pedra Preta MT (29 km de Rondonópolis) Juvenal Pereira Brito.

Um contrato de mais de 1 milhão de reais, estaria simulando uma suposta concorrência de empresas para dar legitimidade à vencedora do pregão.

Agora o prefeito resolveu nomear o vice-prefeito Luiz Cândido Rodrigues Pereira, o Candinho, como Secretário Municipal de Administração.

 

No entanto segundo a lei orgânica do município tal  procedimento só poderia ter ocorrido com autorização da Câmara de Vereadores.

O prefeito provocou alvoroço na câmara de vereadores  de pedra preta que promete fazer sua função de fiscalizadora  e obrigar o chefe do executivo ao cumprimento da lei orgânica, mesmo que seja necessária uma medida judicial.

Pelo que podemos perceber o município não é terra sem lei e a situação do prefeito de Pedra Preta Juvenal Pereira Brito (PMDB), o Ná pode se complicar ainda mais.

 

Redação com Universo MT

Compartilhe: