TCE-MT DE “OLHO” NA PREFEITURA DE RONDONÓPOLIS

TCE-MT DE “OLHO” NA PREFEITURA DE RONDONÓPOLIS

Município não cumpre a lei sobre controle interno

O TCE-MT determinou, há vários anos, os requisitos que devem ser observados para a implementação do controle interno. No entanto na prefeitura de Rondonópolis as coisas não funcionam dessa forma, e ao que parece tudo se faz para dificultar a transparência na administração pública.

Segundo um relatório técnico publicado em 11 de setembro de 2019, o Tribunal de Contas de Mato Grosso, apontou que a prefeitura de Rondonópolis, não cumpri as determinações sobre o cargo de controlador interno.

Em outras palavras o relatório explica que o município de Rondonópolis não cumpre e não possui Lei de criação da carreira de Controlador Interno, e que uma Lei Municipal 7.481/2012 que trata do Plano de Cargos e Carreiras em Rondonópolis, apenas descreve a existência do cargo de Controlador Interno como cargo de provimento efetivo da parte permanente do quadro de pessoal da Prefeitura, extinguindo o cargo de Controlador Interno e denominando de Analista Instrumental.

É comum em muitos municípios existirem apenas um controlador para realizar e analisar todas as demandas, desde fiscalização patrimonial, orçamentária. E o pior é que em muitos lugares o controlador é comissionado e sem as mínimas condições de recursos humanos e materiais para realizar sua função.

Ou seja, nestes casos vale a máxima “quanto pior melhor”!

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 1Comentários

JANAÍNA RIVA: “ ESTOU PLANTANDO UMA SEMENTINHA” SOBRE CANDIDATURA A PREFEITA DE RONDONÓPOLIS

Na tarde desta segunda feira (11), a deputada estadual Janaína Riva (PMDB) esteve reunida com o prefeito José Carlos do Pátio. Na oportunidade ela conheceu um projeto do prefeito que

Brasil

LOTOFÁCIL – Apostador de MT gasta R$ 2,50 e fatura R$ 306 mil

Mais um mato-grossense tem motivos para sorrir nesta pandemia. Uma apostador de Planalto da Serra (281 quilômetros de Cuiabá) acertou os 15 números da Lotofácil e vai receber R$ 306.956,59.

RONDONÓPOLIS 1Comentários

EMPRESÁRIO DENUNCIA PREFEITURA DE RONDONÓPOLIS AO MP SOBRE A PONTE DA D.PEDRO II

Uma ponte parcialmente interditada pela prefeitura Rondonópolis desde o dia 4 de abril na Rua Dom Pedro II uma das principais ruas da cidade, tem se tornado a cada dia

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta