TAQUES PODE RECUAR E PSDB ANALISA LEITÃO E COMPOSIÇÃO COM FAGUNDES PARA GOVERNO MT

TAQUES PODE RECUAR E PSDB ANALISA LEITÃO E COMPOSIÇÃO COM FAGUNDES PARA GOVERNO MT

Dia após dia vai se aproximando o prazo final das convenções partidárias e os acontecimentos paralelos à corrida eleitoral, servem de baliza para o futuro político que ainda não estão definidos.

Uns dos fatores de influência neste momento recaem sobre a pré-candidatura a reeleição do governador Pedro Taques (PSDB).

Tudo por conta do depoimento do cabo da Polícia Militar – Gerson Luiz Correa Junior, à 11ª vara criminal de Cuiabá, uma audiência que começou às 14h de sexta (27) e só terminou às 4h da madrugada do sábado (28). No depoimento o Cabo Gerson afirmou que os donos dos grampos são o governador Pedro Taques e seu primo que está preso o ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques.

Logo após o depoimento começaram as articulações por parte de uma ala de integrantes PSDB que desejam a substituição de Taques como candidato do partido ao governo do estado.

Com eventual desgaste e rejeição, um grupo dentro do partido começou a ganhar força e surge um movimento para indicar o deputado Nilson leitão como o nome do PSDB ao governo do MT.

Segundo informações de uma fonte ao site Marreta urgente, estaria sendo articulada tanto em Cuiabá quanto em Brasília uma possível composição com o senador Wellington Fagundes (PR), obviamente se acontecer um eventual recuo de Taques diante dos novos fatos abordados sobre a questão dos grampos.

A única certeza até o momento, é que o depoimento do cabo sobre o caso da “Grampolândia” ainda vai ganhar muitos desdobramentos, até o prazo final para indicar os candidatos ao governo de Mato Grosso.

O próximo passo é a provável abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa para investigar o caso.

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Rondonópolis na lava Jato a sete dias da Eleição

Operação Omertà. da 35ª fase da Operação Lava Jato está sendo executada pela Polícia Federal (PF), e Receita Federal,na manhã desta segunda-feira (26), a exatos 7 dias das eleições municipais

BLAIRO NEGA COMPRA DA AZUL

Após a repercussão da informação, sobre a possível compra da companhia área Azul por parte do empresário e ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi (PP). Ele negou qualquer

Notícias 0 Comentários

TRF4 NEGA SAÍDA DE LULA PARA FUNERAL DO IRMÃO

O desembargador de plantão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), Leandro Paulsen, rejeitou pedido para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) possa comparecer ao velório