TAQUES EM BRASÍLIA COBRA R$ 544 MILHÕES PARA GARANTIR SALÁRIOS EM MT

TAQUES EM BRASÍLIA COBRA R$ 544 MILHÕES PARA GARANTIR SALÁRIOS EM MT

O governador Pedro Taques viajou nesta segunda-feira (30.10) a Brasília para cobrar do Governo Federal repasses no montante de R$ 544 milhões que poderão ajudar a equilibrar as contas do Estado. Os valores são referentes a recursos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e do Auxílio Financeiro para Fomento às Exportações (FEX).

Há três meses, Taques esteve em Brasília acompanhado da bancada federal para uma reunião com o presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

O deputado federal Victório Galli (PSC) coordenador da bancada federal do MT, está acompanhado de perto a demanda e empenhado com todas as suas forças em resolver a situação.

No encontro o governador apresentou ao presidente uma sugestão sobre dívidas que datam de 1985, que a Conab tem com Estado. O montante de R$ 144 milhões tem origem em Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de produtos retirados de Mato Grosso pela Conab.

No mês seguinte, o governador apresentou ao presidente da Conab, Marcelo Bezerra, o programa mato-grossense de recuperação de créditos fiscais (Refis). Ao todo, o Estado de Mato Grosso cobra da Conab seis dívidas de impostos não arrecadados em décadas passadas.

Além disso, outro montante que deve ser repassado ao Governo do Estado é referente ao FEX, no valor aproximado de R$ 400 milhões. O FEX é uma compensação financeira paga aos Estados exportadores depois que a Lei Kandir (Lei Complementar nº 87) isentou o tributo ICMS dos produtos e serviços destinados à exportação. Em contrapartida a União tem a obrigação de repassar o FEX aos Estados que deixam de ganhar com as exportações.

“Vamos atrás novamente da liberação destes recursos, que serão essenciais para equilibrarmos nossas contas, assegurar o pagamento em dia da folha de servidores, honrar o décimo terceiro salário e os contratos da saúde pública”, explicou o governador, que deve embarcar na manhã desta segunda à capital federal.

 

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

DESEMBARGADORA MARIA APARECIDA RIBEIRO PODERÁ CONCORRER À PREFEITA EM 2020

A corregedora-geral de Justiça de Mato Grosso, desembargadora Maria Aparecida Ribeiro, pode ser a surpresa da eleição municipal em 2020 na previsível Rondonópolis. Segundo informações a desembargadora  estaria em processo

Notícias 0 Comentários

STF DETERMINA: PRESO PERIGOSO DEVE FICAR EM PRESÍDIO DE SEGURANÇA MÁXIMA

Os ministros da 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) confirmaram, por maioria, nesta 6ª feira (1º.mar.2019), que presos perigosos devem ser mantidos em presídios federais, no regime disciplinar diferenciado.

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

REPÓRTER ENCONTRA BARRETO, MAS ELE CONTINUA EM SILÊNCIO (VÍDEO).

O repórter da TV Bandeirantes Bruno Pinheiro, continua em busca de uma explicação do ex-deputado estadual, Hermínio Jota Barreto que aparece guardando o dinheiro em uma maleta em um vídeo