SUSPEITA: CANDIDATO A PREFEITO TERIA RECEBIDO DOAÇÕES DE PESSOAS SEM RENDA COMPATÍVEL EM RONDONÓPOLIS

SUSPEITA: CANDIDATO A PREFEITO TERIA RECEBIDO DOAÇÕES DE PESSOAS SEM RENDA COMPATÍVEL EM RONDONÓPOLIS

Uma denuncia contra um dos candidatos que teria disputado a prefeitura de Rondonópolis, nas eleições deste ano, está sendo formalizada e será protocolada na Policia Federal e na Justiça eleitoral.

Segundo informações de uma fonte, ao Marreta Urgente, teriam sido identificadas doações de pessoas, cuja renda não seria compatível com o montante doado.

O caso deve ganhar repercussão nos próximos dias, e poderá trazer consequências na prestação de contas da campanha eleitoral.

No Brasil

Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que identificou cerca de R$ 25 milhões pagos a fornecedor ou doados a candidatos às eleições municipais deste ano com alguns indícios de irregularidade. São quase sete mil indicativos de problemas, tanto no pagamento a prestadores de serviços quanto no recebimento de doações.


O indício que apresenta maior quantidade de itens aparentemente irregulares é o relativo aos doadores potencialmente desempregados. São 3.793 casos de doação, totalizando R$ 15,9 milhões. Na sequência, estão os doadores cuja renda é incompatível com o valor doado – são 782 casos, que totalizam R$ 6,4 milhões.

REDAÇÃO.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

PT DEFENDEU FIM DO 13º: A VERDADE SOBRE AS DECLARAÇÕES DO GENERAL MOURÃO

As declarações general da reserva Hamilton Mourão, vice de Jair Bolsonaro (PSL) sobre direitos trabalhistas foram o estopim para a esquerda começar um ataque. No entanto os mesmos esquerdista que

Destaques 0 Comentários

PONTE NO MT “ LIGA NADA A LUGAR NENHUM”

A sonhada construção da ponte da Avenida W11 sobre o Rio Vermelho em Rondonópolis, iniciou em meados de agosto de 2018, e sete meses depois está com o canteiro de

Destaques 0 Comentários

Reforma da Previdência será votada na próxima semana

A Comissão Especial ficou em sessão de pouco antes das 10h até quase 2h10, já na madrugada desta sexta-feira. Agora, só falta o plenário — o texto da reforma da