STF Determina que Fávaro assuma cadeira no Senado/MT

STF Determina que Fávaro assuma cadeira no Senado/MT

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffolis, determinou há pouco que o ex-vice-governador de Mato Grosso e atual chefe do escritório do Estado em Brasília (DF), Carlos Fávaro (PSD), seja empossado na vaga da senadora cassada, Selma Arruda (Podemos), tão o cargo seja declarado vago pelo Congresso Nacional. “Concedo a liminar requerida ad referendum do Plenário, para conferir interpretação conforme à Constituição ao artigo 45 do RISF, para que na hipótese de eventual vacância, em razão da cassação, pela Justiça Eleitoral, da chapa senatorial eleita, seja dada posse interina ao legítimo substituto qual seja o candidato imediatamente mais bem votado na eleição em que ocorreu a cassação, até que seja empossado o eleito no pleito suplementar ordenado pelo art. 56, § 2º, da CF/88. Publique-se. Intime-se”, determinou o ministro no último dia de plantão da Corte Supremo.

Fávaro ficou em terceiro lugar na disputa pelo Senado, em 2018. À época, foram eleitos a ex-juíza Selma Arruda e o senador Jaime Campos (DEM).

Redação com FolhaMax

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Polícia 1Comentários

SOB COMANDO DA INTOLERÂNCIA A BLITZ ARRECADATÓRIA EM RONDONÓPOLIS

Uma forte operação do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) com apoio do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar e policiais da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito de Cuiabá (Deletran).

Brasil

“Pulso firme” – Pelo menos 6 Cidades de MT implantam toque de recolher e barreiras sanitárias no combate ao COVID-19.

O prefeito de Tangará da Serra (distante 242 km de Cuiabá), Fábio Martins Junqueira (PMDB), anunciou nesta sexta-feira (22), que o município vai retomar o toque do recolher como medida

Mato Grosso

Policiais civis recuperam três televisores e outros equipamentos roubados

 Polícia Civil do município de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) recuperou na tarde desta quinta-feira (14.04), três aparelhos de televisores e outros produtos provenientes de crimes de roubo

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta