STF AVALIARÁ SUSPEIÇÃO DE MORO

STF AVALIARÁ SUSPEIÇÃO DE MORO

O ministro Gilmar Mendes liberou ontem um pedido de liberdade apresentado pela Defesa do ex-presidente Lula. Gilmar havia pedido vistas em dezembro, quando na Segunda Turma do Supremo já havia dois votos contra o ex-presidente.

No centro do argumento está, justamente, a suspeição do juiz Sérgio Moro. À época, os advogados de Lula apontavam como indício o fato de que, ao aceitar o cargo de ministro, Moro sugeria ter lado. Os diálogos divulgados pelo Intercept Brasil podem reforçar o argumento. Além do voto de Gilmar, ainda faltam os de Ricardo Lewandoski e do decano Celso de Mello. Este último será decisivo. É possível que o julgamento já ocorra hoje.

No Congresso, deputados de PT, PSOL e PCdoB prometem tentar obstruir todas as votações enquanto Moro não for afastado do ministério da Justiça. Hoje, os líderes do trio se reúnem com PSB e PDT para definir estratégias. Devem lançar uma CPI.

 Bolsonaro no início da noite falou que algo sobre Moro. “Nós confiamos irrestritamente no ministro”, afirmou o secretário de Comunicação Fabio Wajngarten.Os dois, presidente e ministro, devem conversar hoje.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Esportes 0 Comentários

MISTÉRIO: Técnico do Atlético-GO reaparece, mas some novamente

A tensão em torno de Marcelo Cabo chegou ao fim nesta segunda-feira. O treinador, às 15h48, voltou ao prédio onde mora, em Goiânia, sem lesões corporais aparentes e sem manchas

LULA NÃO IRÁ SE ENTREGAR E PT PRETENDE “CRIAR” DESORDEM SOCIAL NO PAÍS

Após o  juiz Sergio Moro, expedir o o mandado de prisão de Lula e determinar  que ele se entregue voluntariamente até às 17 horas desta sexta-feira (6). As informações de que

Política 0 Comentários

Thiago Silva defende reestruturação e ampliação da Unemat

O candidato a deputado estadual Thiago Silva – MDB reafirmou mais uma vez que a Unemat precisa de mais atenção do Estado. Lembrou ainda que várias unidades do interior de