Sobrinho de Galli, assumidamente gay, sai em defesa do tio no caso de “homofobia”

Sobrinho de Galli, assumidamente gay, sai em defesa do tio no caso de “homofobia”

O sobrinho do ex-deputado federal Victório Galli, Valdinei Galli que é homossexual declarado, repudiou através de uma publicação em sua perfil no Facebook as acusações infundadas atribuídas ex-parlamentar sobre homofobia.


Galli que também é pastor, sempre se declarou contrário a ideologia de gênero, contra casamento entre pessoas de mesmo sexo e contra o ativismo ideológico LGBT, mas nunca fez qualquer tipo de ataque pessoal ou ofensa contra homossexuais. O que Galli fez e dentro do direito constitucional, foi emitir sua opinião.

O caso da condenação de Galli por uma ação civil com pedido de liminar e indenização por danos morais coletivos, foi proposta pela Defensoria Pública de Mato Grosso, que pretendia que o então acusado, fosse proibido de se manifestar acerca da comunidade LGBT durante o trâmite da ação, bem como a condenação ao pagamento de indenização por danos morais coletivos. 

Em razão das constantes manifestações consideradas “preconceituosas”, o defensor público disse que foi gerada indignação por parte de simpatizantes de movimentos LGBT. Por outro lado, aqueles que conhecem e convivem com o ex-deputado, conforme destacou seu sobrinho Valdine Galli (Neyzinho) homossexual declarado, Galli é um pai de família, pastor e homem correto, incapaz de ofender qualquer pessoa. Valdinei Galli saiu em defesa do tio em sua rede social.

Veja a declaração do sobrinho de Victorio Galli:

“NOTA

Eu, Valdinei Gomes Galli assumidamente homossexual, sobrinho legítimo de Victório Galli, venho por meio deste, REPUDIAR a condenação do então Deputado Federal Victório Galli (PSL), ACUSADO DE HOMOFOBIA. Pois o mesmo está sendo atacado e perseguido pelo grupo LGBT que o acusam de homofóbico, por ser Cristão, conservador e defender a família tradicional no que se refere à educação, saúde, segurança para todos sem distinção de cor, raça, crença, classe social e etc.
Aqui, presto minha solidariedade ao Ex Deputado Federal, pois dentro do anseio familiar como tio sempre me tratou com devido respeito, carinho e sobretudo demonstrou atenção à família, pois em suas fala e discurso não o vejo como homofóbio, vejo como um pai, que zela e cuida da família com total respeito trazendo assim controvérsias aos olhos do grupo LGBT que confundem liberdade com libertinagem”.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 2 Comentários

CONDENADO, LULA ENFRENTA NOVA SENTENÇA DE SERGIO MORO EM MARÇO

Condenado em segunda instância por três desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, pelo caso do triplex no Guarujá (SP), o ex-presidente Luiz Inácio Lula

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Junior Mendonça deverá ser o novo coordenador do PROCON

Angelo Bernardino de Mendonça Junior, advogado conhecido como Junior Mendonça,surgiu nos últimos dias como nome forte para ocupar a coordenadoria do PROCON em Rondonópolis na gestão de Zé Carlos do

Política 0 Comentários

99,9% FECHADO: SILVIO FÁVERO SERÁ O VICE NA CHAPA DE TAQUES

A convenção do PSL realizada neste sábado(4)confirmou três candidaturas para a Câmara Federal: Victório Galli, Nelson Barbudo e Gina Defanti. Além é claro da candidatura da juíza aposentada Selma Arruda