SILVIO CORRÊA FOI GRAVADO POR  ZANATTA  E  PODE ANULAR  ACORDO COM A PGR  EM DELAÇÃO

SILVIO CORRÊA FOI GRAVADO POR ZANATTA E PODE ANULAR ACORDO COM A PGR EM DELAÇÃO

As chamadas delações “monstruosas” do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), de seus familiares e do ex-chefe de gabinete Silvio César Corrêa, podem sofrer um duro golpe. Isso porque  Silvio Corrêa acabou sendo gravado em um áudio comprometedor, no qual acaba relatando indícios de omissão de informações sobre os crimes relatados no seu acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

O áudio ainda será analisado pela Polícia Federal e pela PGR, mas poderá suspender e até anular as delações, o que poderia fazer com que o Silval Barbosa (PMDB) e Silvio Corrêa voltem para o Centro de Custódia da Capital.

Agravação ocorreu no último dia 28 de agosto, e foi feita pelo o ex-secretário de Indústria e Comercio, Alan Zanatta, sem Silvio saber. O encontro teria ocorrido após o delator ter insistido muito para encontrar Zanatta e pedir ajuda financeira.

Com medo de ser gravado, Zanatta se antecipou e resolveu gravar a conversa, que durou cerca de 01h30min.

Silvio Corrêa diz ao ex-secretário Alan Zanatta que Emanuel Pinheiro (PMDB) foi colocado na delação para ganhar mais visibilidade às denúncias, já que atualmente é prefeito da capital mato-grossense:

Alan Zanatta – “O Emanuel tá… O Emanuel tá lá em cima. Cresceu, tá arrebentando. Disse cara que sempre foi parceiro, o Emanuel…. eu de exemplo, convivi, entendeu Silvio? Cara, ponta firme, é um cara que nunca pediu um centavo assim, pra… pra botar faca não, pra dar governabilidade. Pra fazer isso…. Você sabe disso.

Silvio Corrêa – “Esse foi o contexto né?

Alan Zanatta – “Entendeu, aí bota ele num contexto, que também, não tinha um motivo cara. Um cara igual ele não tinha motivo cara”…

Silvio Corrêa –  Era um cara injustificável, não querendo defender. Quando resolveu fazer essas filmagens… eles… eu fiquei sabendo um dia antes, que eles iriam lá fazer uma operação, que ele tavasaindo.

Em outro trecho Zanatta volta a falar do Emanuel e diz que foi “bode expiatório”.

Alan Zanatta –E o Nadaf quando me sacaneava, o Silvio que aguentava os cacetes. Porque o que ele falava lá era…. o chefe acreditava. Agora cara, eu falei pra ele: “o Emanuel não merece, na minha ótica não merecia… tinha que tá fora disso ai… num.. ele, hoje é um líder politico, que tá numa ascensão, explodindo”. Aí teve uns que veio falar pra mim: “ah, não, isso aconteceu porque o cara é prefeito. Pegaram ele de bode expiatório. Pra diminuir pena, essas coisas”…

Delator Silvio Corrêa –  Isso…isso é… a justificativa que eu tenho…tanto é que tão mais massificando é ele né. Mas é que no contexto, ele é o cara de mais…. que da mais repercussão hoje, né? Se ele fosse um deputado não, não daria tanto impacto. Mas até de falar que não… que não foi escolhido, não foi. foi no dia e na hora errada que ele….

Silvio Cezar é responsável por gravar os deputados estaduais e o prefeito

O delator também assume no áudio ser dono de um garimpo, que teria ocultado na declaração de bens à PGR.

Delator Silvio Corrêa – “…o momento é.. complicado para todo mundo(…) mas, também acho que ele não tem essa mobilidade que ele tinha antigamente. Mas pelo menos tô com um garimpo né. Tem um, tem um .. que não tem como fugir, né?”, diz trecho do áudio.

O delator ainda afirma que falou em sua delação “coisas que quis”. “Só isso, só isso e falei algumas coisas que eu quis. Só”, diz o delator durante a gravação.

Silvio Corrêa também diz que o valor que teria que devolver aos cofres públicos, cerca de R$ 500 mil, seria pago por Silval Barbosa, diferente do que consta no acordo de delação.

Já em relação ao ex-governador Silval Barbosa (PMDB), Silvio Corrêa diz que ele não possui nenhuma prova. Em um dos trechos da gravações, o delator explica para o ex-secretário Alan Zanatta que Silval chegou a falar para um de seus funcionários conhecido como “Coxinha”:

Delator Silvio Corrêa – Ele [Silval] falou pro Coxinha : “se me prender, pode ficar tranquilo, que eu tenho…tô com a mala pronta, tá com documentos, no outro dia todo mundo cai. Eu falei pro Coxinha: “pô coxinha, até na, na maldade estou ajudando o Silval, porque se não fosse esas gravações amanhã, nada do que o Silval tá falando tinha…tinha valor, nada”. Não tinha…não vi nenhuma gravação dele aí.

OUTRO LADO

Em resposta, a defesa de Silvio Cezar afirma com a mais absoluta convicção que todos os fatos foram devidamente relatados em seu acordo de colaboração, conforme determina a lei. Não houve reserva mental, tampouco apresentação de provas ou fatos divergentes da realidade. Quanto aos supostos áudios, a defesa não tem conhecimento.

 

Redação com Hipernotícias

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

OPERAÇÕES DA PF DEVEM ACONTECER NAS PRÓXIMAS 72 HORAS NO MT

Segundo informações de Brasília, nas próximas 72 horas uma nova operação da  Polícia Federal será desencadeada no estado do Mato Grosso. Com isso o estoque de “Rivotril “deve estar esgotado.

NAIARA AZEVEDO ESTARÁ NESTE SÁBADO DIA 29 EM RONDONÓPOLIS COM GRANDE SHOW

Naiara Azevedo vem aí  dia 29/10 e promete fazer o melhor show sertanejo que a cidade já viu! Naiara Azevedo transformou sua história real em hit. Depois de descobrir uma

OPERAÇÃO PENTE-FINO PARA IDENTIFICAÇÃO DE PETISTAS EM BRASÍLIA

A partir de hoje começa uma operação pente-fino na máquina administrativa. As redes sociais de funcionários sem estabilidade já foram vasculhadas: quem escreveu ‘Ele não’, ‘Fora, Temer’, ‘Foi golpe’ ou