SIAGESPOC: CHAPA 1 VENCE COM 63% DOS VOTOS

SIAGESPOC: CHAPA 1 VENCE COM 63% DOS VOTOS

Edileusa Mesquita Foi Eleita Presidente Estadual E Marcos Oliveira Diretorda Sub Sede Sul

Sindicato dos  investigadores Agentes, Escrivães da Policia Civil do Estado de Mato Grosso-SIAGESPOC, realizou eleições da nova diretoria na sexta-feira (15).

A  apuração registrou 1.296 votantes, dos quais 824 foram dados a Chapa 1, e 468 para a  Chapa 2, com 4 votos brancos e nulos.

Desta forma a Chapa 1 venceu com cerca de 63% dos votos.

A eleição apontou também os diretores das sub sedes locais. Na região sul, o investigador  Marcos Maciel de Oliveira, foi o eleito e juntamente com a nova presidente Edileusa Mesquita e o vice-presidente Gláucio, que pretende encarar os desafios da reforma da previdência, que  irá refletir na categoria, e outras questões como a falta de efetivos e melhores condições de trabalho.

“Um dos objetivos da gestão  é  priorizar o lado social do Investigador, fazendo com que ele se socialize e interaja mais com a sociedade principalmente no contexto em que está inserido. Para que assim tenhamos cada vez mais uma policia civil que realize seu trabalho com excelência”. Disse Marcos.

 

Redação

 

 

 

 

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

MULHER INVADE VELÓRIO DO MARIDO DE CONFEITEIRA PARA COBRAR DOCES EM CAMPO GRANDE (VÍDEO)

Em Campo Grande (MS) uma mulher invadiu o velório do marido da confeiteira Dayane Cristina Bernardino para cobrar por doces que não foram entregues, o que resultou, segundo ela, na

Destaques 0 Comentários

MP: identifica parceria entre PCC e PT contra portaria de Moro

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) encontrou mensagens no celular de Dércio Gouveia Luiz, comparsa de Marcola, indicando pagamentos feitos a advogados ligados ao Partido dos Trabalhadores (PT), segundo reportagem exibida

A VERDADE SOBRE A CPMF E O PROJETO DE PAULO GUEDES

O economista Paulo Guedes explicou como pretende recriar um imposto nos moldes da CPMF. O projeto de Guedes é diminuir o número de impostos e, ao longo de dez anos,

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta