SERVIDORES “COMISSIONADOS” DA SETRAT NÃO CUMPREM CARGA HORÁRIA

SERVIDORES “COMISSIONADOS” DA SETRAT NÃO CUMPREM CARGA HORÁRIA

A Secretaria de Transporte e Trânsito de Rondonópolis (Setrat) alvo de inúmeras críticas pela inércia em determinadas demandas para resolver no transito da cidade. Nos últimos dias tem sido alvo de denúncias de que servidores comissionados cerca de 6 no total não tem cumprido a carga horária de trabalho determinada em seus contratos.

Os servidores que deveriam realizar um total de 08 horas diárias estão trabalhando apenas no período da tarde entre 13h e 17h.

O horário de atendimento ao publico é das 12h às 18h, porem o expediente interno não tem sido cumprido em sua carga horária e muito menos o atendimento ao publico.

Com média salarial de R$ 4.000,00(Quatro mil reais), quando o serviço público não é eficiente o maior prejudicado é o contribuinte que além de pagar seus impostos ,ainda recebe um serviço que deixa a desejar.

Se alguém deseja trabalhar menos que receba também pelas horas trabalhadas.

Por enquanto Marreta Neles!

 

 

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

PM de Jaciara fecha boate lotada e encontra 11 menores ingerindo bebida alcoólica

Uma casa de shows foi fechada pela Polícia Militar na madrugada de hoje (17), por volta de 2h25, por perturbação da tranquilidade. No local, que fica no centro da cidade

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Mais de 45 mil metros quadrados de grama plantados nos últimos sete meses

A Prefeitura de Rondonópolis tem executado projeto de revitalização por meio da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), deixando a cidade mais bonita por meio de jardinagem e paisagismo em praças,

Destaques 0 Comentários

EMOCIONANTE! JOGADOR RECEBE CARTÃO AMARELO POR HOMENAGEM AO IRMÃO MATHEUS VÍTIMA EM ACIDENTE DA CHAPE

Já se passaram quase cinco meses da tragédia com o voo da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, mas a saudade de Guilherme Biteco ainda é forte. O meia perdeu o

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta