SERVIDORA CONTESTA VERSÃO E AFIRMA TER SIDO AGREDIDA POR  MÉDICA (FOTOS E AÚDIO)

SERVIDORA CONTESTA VERSÃO E AFIRMA TER SIDO AGREDIDA POR MÉDICA (FOTOS E AÚDIO)

A servidora municipal Cristiane Castro da Cunha, do município de Jaciara-MT (142km de Cuiabá) que foi acusada de suposta agressão a médica J.A.L., contestou a versão do boletim de ocorrência registrado pela profissional de Saúde

Segundo Cristiane ela é quem foi insultada e agredida de forma covarde em seu ambiente de trabalho.

Em sua versão ela afirma que:

“Estava no CIAAS acompanhando um evento da secretaria de saúde (Hospital do Câncer), quando a responsável do RH foi abordada pela médica já alterada exigindo que se levantasse de onde estava e entrasse no carro dela para que fossem até a Secretaria Municipal de Saúde para ‘resolver’ a questão do seu salário”. Um crime de coação! Declarou Cristiane.

A servidora percebeu que a médica se encontrava alterada, e recusou a entrar no carro, pois iria em seu próprio veículo. Dessa forma pediu que a médica se dirigisse até a Secretaria municipal de saúde para ali tratar sobre o caso.

Cristiane relata ainda que:

“Nesse momento do primeiro fato eu já me encontrava na secretaria para buscar as cópias da documentação de um paciente que iria realizar um dos exames que foram ofertados pelo evento. Então a médica invadiu a minha sala (sem o meu consentimento) completamente alterada, aos gritos e batendo na minha mesa (conforme o áudio gravado pela servidora)”.

Ao perceberem que ela já estava se exaltando, um dos servidores entrou na sala e a médica simplesmente mandou que ele ‘vazasse’ de lá, pois segundo ela ninguém tinha chamado ele para estar ali.

“De início eu nem ao menos sabia qual o motivo das agressões verbais, já que eu nunca havia tido contato com a mesma e não sabia de quem se tratava. Ao entender o motivo dela estar ali, tentei de forma respeitosa informá-la de que não efetuamos pagamentos na secretaria e que a pessoa responsável pelo RH não se encontrava, foi quando os outros funcionários ouviram os gritos e ofensas proferidas por ela a mim e decidiram fazer a gravação do áudio”.

Quando ela começou a gritar e eu percebi que não conseguiria ter uma conversa com ela, ela conforme o áudio me chama para sair lá fora para resolver a questão?!!!

Tentei me levantar para sair da sala e ela me pegou pelo braço e me puxou para sair da sala. A médica desferiu o primeiro tapa em meu rosto, que acertou meu queixo. Os funcionários a seguraram e ela avançou novamente em mim e me desferiu dois tapas nos braços. Eu pedi para que chamassem polícia, nesse momento ela se evadiu do local e eu permaneci lá esperando a chegada da polícia.

“Quando os policiais chegaram e eu os acompanhei até a delegacia ela já estava lá registrando o boletim de ocorrência, onde eu também dei a minha versão dos fatos juntamente com as testemunhas”.

Depois de saber de quem se tratava, descobri que não é a primeira agressão a qual ela responde. Já tem um histórico bastante problemático e inclusive passagem pela polícia.

O caso será investigado pela polícia Civil e a servidora pretende representar judicialmente contra a Médica.

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

DESEMBARGADOR LEANDRO PAULSEN DÁ O SEGUNDO VOTO PARA CONDENAÇÃO DE LULA

O desembargador Leandro Paulsen, vota pela manutenção da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo crime de corrupção passiva no caso triplex no histórico julgamento da apelação da

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Investimento em monitoramento eletrônico de prédios públicos gera economia para o município

A Prefeitura de Rondonópolis começou esta semana a instalação nos prédios públicos municipais de câmeras, sensores, alarmes e softwares para sistemas de monitoramento eletrônico. Os equipamentos de segurança foram adquiridos

Destaques 0 Comentários

AS MUDANÇAS RADICAIS DE PAULO GUEDES

Num dia marcado por posses de ministros, vários com discursos no mínimo surpreendentes, nenhum apontou para mudanças tão concretas e ao mesmo tempo radicais quanto Paulo Guedes, que assumiu a

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta