SENADO AFAGA “CHICO CUECA”, E PESOU A MÃO SOBRE SELMA ARRUDA

SENADO AFAGA “CHICO CUECA”, E PESOU A MÃO SOBRE SELMA ARRUDA

A Câmara alta em Brasília, usa toda a sua força nos bastidores para sair em defesa do senador Chico Rodrigues (DEM-RR) flagrado pela PF na quarta-feira (14) com R$ 33 mil literalmente na Bunda.

Ao contrário do que fez com o caso da senadora Juíza Selma Arruda (Podemos), eleita com mais de 700 mil votos e cassada pelo TSE sob alegação de caixa dois e abuso de poder econômico.

Dias Toffoli, monocraticamente — assim como o faz Luís Roberto Barroso agora –, determinou que o terceiro mais bem votado na eleição de 2018 para o Senado em Mato Grosso assumisse provisoriamente o lugar da senadora.

A Mesa Diretora do Senado, que até então não tinha se reunido uma única vez, foi convocada apressadamente por Davi Alcolumbre e logo referendou a decisão de Toffoli, aniquilando o mandato de Selma.

No caso de Selma, havia uma condenação, e como ela não fazia parte do grupinho. O caso dela nem sequer chegou a ser apreciado no plenário.

Como disse Voltaire: “Há sempre dois pesos e duas medidas, para os direitos dos reis e os direitos dos comuns”. 

REDAÇÃO COM ANTAGONISTA

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Política

Cheirador de calcinha: vereador pode perder o mandato

Em um flagrante acontecido no dia 23 de junho, durante sessão online da Câmara de vereadores da cidade de Bragança Paulista (SP) o vereador conhecido como Ditinho (PSC), foi surpreendido

Política 0 Comentários

As apostas do PSB nas pré-candidaturas para o pleito de 2020

O Partido Socialista Brasileiro em Mato Grosso – PSB/MT, sob a presidência do deputado estadual Max Russi, já contabiliza dezenas de pré-candidaturas a prefeito no Estado para as próximas eleições

Mato Grosso 0 Comentários

COMPLEXO HOSPITALAR JARDIM CUIABÁ SERÁ INVESTIGADO POR EXPOSIÇÃO DE PACIENTES A CONTAMINAÇÃO E CRIMES AMBIENTAIS

A importadora e exportadora Jardim Cuiabá é a nova administradora do Nosocômio Jardim Cuiabá, cujo nome atual (fantasia) é complexo hospitalar de Cuiabá e a através de denúncias de exposição