Semana da Pátria

Semana da Pátria

A celebração da Semana da Pátria é oportunidade para acender nas mentes e corações de cada brasileiro o desejo de se dedicar a uma complexa tarefa: qualificar a cultura cidadã da nação e, assim, transformar o Estado. Todos, unidos, são convocados a buscar sempre o bem e a justiça para essa pátria, que precisa, de verdade, ser mais amada.

É um tempo que deve inspirar o compromisso civilizatório de buscar novas dinâmicas e respostas para que a pátria não continue a sofrer, deitada no “berço esplêndido.

Em Rondonópolis, a prefeitura, o 18º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC), o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar realizam, na próxima segunda-feira (2), às 8 horas, na Praça Brasil, a abertura da Semana da Pátria.

A cerimônia contará com a presença de autoridades e terá hasteamento da Bandeira Nacional, acendimento da pira cívica e execução do Hino Nacional que, pela primeira vez em Rondonópolis, será tocado pela fanfarra do 18º GAC. 

A ética e a participação cidadã são imprescindíveis para o desenvolvimento de toda a sociedade.

Que a semana da Pátria inspire diálogos e compartilhamentos, o envolvimento de todos na construção de um tempo diferente e de renovada cultura, marcados por mais ética e participação.

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

UM “REI” NA CÂMARA DE VEREADORES

Um vício político muito comum é a barganha, a negociação e a incoerência. Eis um caso evidente; em uma pesquisa no Facebook localizamos uma postagem de aproximadamente 60 dias atrás,

Destaques 0 Comentários

Encontrado morto em apartamento dos EUA maquiador que fez fama em MT

O maquiador Louis Branco foi encontrado morto em seu apartamento na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos. A causa da morte ainda não foi confirmada, mas há suspeita de

MP NEGOCIA DELAÇÃO QUE ENVOLVE LULA E PETROBRAS

O Ministério Público avançou no acordo de delação premiada de Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras. Ele está preso desde 2014.  Ao afastar das mãos do juiz Sergio Moro