SANTA PROPINA: RESENDE TERIA RECEBIDO R$6,5 MILHÕES, DIZ RIVA

SANTA PROPINA: RESENDE TERIA RECEBIDO R$6,5 MILHÕES, DIZ RIVA

O ex-presidente da assembleia legislativa de Mato Grosso, José Riva entregou um dossiê ao Ministério público estadual e busca um acordo de delação premiada.

Entre os citados por Riva, que teriam recebido a propina mensal entre março de 2003 a janeiro de 2015 está o deputado estadual de cinco mandatos Sebastião Rezende (PSC).

Segundo consta no documento de Riva foram 24 pagamentos de R$ 30 mil totalizando R$ 960 mil, já com valores de impostos descontados. Entre 2005 e 2011, o valor mensal passou para R$ 35 mil. Neste período, Rezende teria embolsado 72 pagamentos, somando nada menos que R$ 3,3 milhões de propina. De 2011 a 2015, foram liberados para o deputado 48 pagamentos de R$ 50 mil, chegando a R$ 3,2 milhões.

E vai mais além para dar legitimidade nos valores recebidos, Resende assinava como materiais e serviços quem não eram entregues e muito menos prestados a assembleia legislativa. O total recebido pelo deputado Sebastiao Resende seria de aproximadamente R$ 6,5 milhões.

Redação com Rdnews

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

Comitê de Gestão de Crise avalia quadro e Prefeitura edita novos decretos

Após a avaliação criteriosa do quadro atual de propagação do novo coronavírus nos últimos dias no município pelo Comitê de Gestão de Crise, a Prefeitura de Rondonópolis decidiu avançar na

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Luizão: Rondonópolis precisa recuperar posição no ranking de desenvolvimento

O empresário Luiz Fernando Homem de Carvalho, o Luizão, atua no comércio em Rondonópolis há cerca de 30 anos, natural de Mercê – MG, assistiu o início do desenvolvimento da

Destaques 0 Comentários

CHINA: PAI JOGA RECÉM-NASCIDO NA LATA DO LIXO

As imagens de um câmera de segurança mostraram o momento em que um pai carrega o filho recém-nascido e o joga em um contêiner de lixo. O caso chocou a

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta