RODRIGO DA ZAELI ACOMPANHA DIA LETIVO DE CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE ESPECTRO AUTISTA

RODRIGO DA ZAELI ACOMPANHA DIA LETIVO DE CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE ESPECTRO AUTISTA

O vereador e presidente da Câmara de Rondonópolis, Rodrigo da Zaeli (PSDB), acompanhou o dia letivo de crianças com transtorno do espectro autista. O legislador participou de duas aulas na Escola Estadual Odorico Leocádio da Rosa, no bairro Belo Horizonte. O objetivo é conhecer o dia a dia das crianças e a necessidade do acompanhamento de uma profissional auxiliar para este aluno especial.

A visita contou com a presença da tesoureira e da presidente da Associação Rondonopolitana de Pessoas com Transtorno de Espectro Autista – ARPTA, Elisângela Souza e Rosemary de Aquino, respectivamente. Segundo elas, a maior preocupação é com relação a falta de informação das pessoas. “Há situações em que a família não aceita a doença do filho e isso dificulta o desenvolvimento da criança”, explicou Rosemary.

Elisângela Souza destacou a importância do acompanhamento do vereador à uma criança com o transtorno, principalmente porque a luta das mães e da associação têm sido solitária. “Me emocionei ao saber que o vereador faria esta visita. Algumas unidades ainda não tem a auxiliar para acompanhar os alunos que precisam de acompanhamento. A rede estadual passou a contar com o auxílio em março, antes disso as crianças, diagnosticadas com o transtorno em grau médio ou grave, ficaram impedidas de irem à escola, pois é impossível garantir à ela e aos colegas de turma o aprendizado e a socialização”, disse.

Ela acrescentou que a necessidade da profissional não é apenas para as crianças que têm o Transtorno de Espectro Autista mais elevado. “Muitas crianças dão trabalho com a auxiliar, sem elas seria impossível, pois as crianças com o transtorno precisam de comando direto. Ficando impossível para um professor de 25 crianças, dar atenção individual e exclusiva à um aluno especial. As crianças, sejam elas com grau leve ou mais severo, precisam da ajuda de uma profissional qualificada, que saiba o que é e como lidar com os que têm o transtorno. Eles precisam de ajuda para ir ao banheiro, beber água e, principalmente, não conseguem ficar sozinho no intervalo”, defendeu.

O legislador pretende buscar informações junto ao município para verificar se a rede de ensino da cidade disponibiliza o auxiliar para os alunos que necessitam do acompanhamento. “Farei um requerimento solicitando da Secretaria Municipal de Educação informações referentes ao número de alunos com Transtorno de Espectro Autista, se há o acompanhamento e em quais escolas elas estão matriculadas. É uma causa importante e estas crianças precisam de uma atenção especial do poder público”, concluiu

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS

Sugestão do Vereador Beto do Amendoim é aceita pelo Prefeito José Carlos do Pátio, e obras em Rondonópolis/MT serão entregues, em média com a metade do prazo atual.

Criar uma sistemática de controle mais extensiva dentro da Sinfra (Secretaria Municipal de Infraestrutura de Rondonópolis/MT), uma equipe para avaliar os projetos antes que sejam encaminhados para a licitação. Após acompanhar

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

INTEGRANTES DE ESCRITÓRIO DA ONU PARTICIPARÃO DO PAINEL SOBRE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS EM RONDONÓPOLIS

Estão abertas as inscrições para participar do painel Parcerias Público-Privadas – Oportunidade de Negócios e Desenvolvimento Regional que acontece no próximo dia 31 às 13 horas no Hotel Comfort. Os

Notícias 0 Comentários

INSCRIÇÃO DO CADASTRO AMBIENTAL RURAL VAI ATÉ O DIA 31 DE MAIO

Conhecido como SIMCAR (Sistema Mato-grossense de Cadastro Ambiental Rural), o cadastro Ambiental Rural é um registro eletrônico obrigatório para todos os imóveis rurais. A base de dados formada é estratégica

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta