Respiradores falsos – Ramos de Farias  terá habeas corpus julgado nesta quarta-feira

Respiradores falsos – Ramos de Farias terá habeas corpus julgado nesta quarta-feira

Preso por vender respiradores falsos à prefeitura de Rondonópolis (212 quilômetros de Cuiabá), o empresário Ramos de Faria e Silva Filho terá habeas corpus julgado nesta quarta-feira pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. O relator do caso é o desembargador Pedro Sakamoto, que já negou pedido de liberdade dele em caráter liminar. Agora, será julgaado o mérito do habeas corpus.

Ramos de Farias está preso desde 1º de maio, após vender ventiladores pulmonares falsos para a prefeitura de Rondonópolis. Os equipamentos deveriam ser utilizados no combate à Covid-19. Segundo as investigações, a prefeitura comprou 22 respiradores pelo valor de R$ 4 milhões. Porém, quando as caixas foram abertas veio a surpresa: se tratavam de equipamentos falsos, que não servem para auxiliar pacientes contaminados com a Covid-19.

As investigações apontaram os responsáveis pela fraude. Além da prisão do empresário, foram bloqueados cerca de R$ 3 milhões de suas contas.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Polícia

NEGLIGÊNCIA MÉDICA: SARGENTO DA PM DE JACIARA MORRE NO HOSPITAL REGIONAL

Na noite da sexta-feira (28), o sargento da Polícia Militar Juarez Conceição de Matos de 46 anos, morreu no Hospital Regional em Rondonópolis- MT. Ele trabalhava na 7ª Companhia Independente

Governo extingue mais de 27,5 mil cargos efetivos

O governo federal extinguiu, por meio de um decreto publicado no Diário Oficial da União, mais de 27.500 cargos efetivos do seu quadro de pessoal. Entre os cargos estão o

Destaques 0 Comentários

Projeto “Rio São Lourenço Sempre vivo” une a região do vale

Uma iniciativa do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico Social e Ambiental da Região Sul – MT (Cidesasul), promoveu neste sábado (21) dia da Árvore, o evento Rio São Lourenço Sempre