Respiradores falsos – Ramos de Farias  terá habeas corpus julgado nesta quarta-feira

Respiradores falsos – Ramos de Farias terá habeas corpus julgado nesta quarta-feira

Preso por vender respiradores falsos à prefeitura de Rondonópolis (212 quilômetros de Cuiabá), o empresário Ramos de Faria e Silva Filho terá habeas corpus julgado nesta quarta-feira pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. O relator do caso é o desembargador Pedro Sakamoto, que já negou pedido de liberdade dele em caráter liminar. Agora, será julgaado o mérito do habeas corpus.

Ramos de Farias está preso desde 1º de maio, após vender ventiladores pulmonares falsos para a prefeitura de Rondonópolis. Os equipamentos deveriam ser utilizados no combate à Covid-19. Segundo as investigações, a prefeitura comprou 22 respiradores pelo valor de R$ 4 milhões. Porém, quando as caixas foram abertas veio a surpresa: se tratavam de equipamentos falsos, que não servem para auxiliar pacientes contaminados com a Covid-19.

As investigações apontaram os responsáveis pela fraude. Além da prisão do empresário, foram bloqueados cerca de R$ 3 milhões de suas contas.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

Temporal causa mortes em Belo Horizonte

Uma mulher e uma criança morreram na noite desta quinta-feira (15) afogadas dentro do próprio carro. O veículo foi completamente inundado durante temporal que atingiu a capital mineira. A informação

Destaques 0 Comentários

Polícia Civil desarticula grupo de roubo de defensivos recupera carga e bando ameaça invadir delegacia

Uma carga de defensivos agrícolas avaliada em R$ 1,2 milhão foi recuperada em ação realizada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (08.10),

Notícias 0 Comentários

MORO PEDE AFASTAMENTO DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, solicitou afastamento do cargo “para tratar de assuntos particulares”. A licença do ministro será tirada no período de 15 a 19 de