RANALLI PODERÁ TRILHAR O CAMINHO DE EDUARDO BOLSONARO

RANALLI PODERÁ TRILHAR O CAMINHO DE EDUARDO BOLSONARO

Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), foi o parlamentar mais bem avaliado de 2017

Com a atual crise moral, ética e principalmente de credibilidade, o número de parlamentares oriundos das policias militares, civis e federais deverá aumentar em 2018.

Nas assembleias legislativas dos estados, na câmara federal e no senado.

Brasil tem mais de 675 mil policiais; sendo que efetivo total da PF totaliza 11.817 funcionários.

De acordo com analistas, no Legislativo – principalmente na Câmara Federal – esses parlamentares tendem a trabalhar com temas relacionados à segurança, como debates sobre mudanças na legislação penal e no Estatuto da Criança e do Adolescente, a reforma do sistema prisional e políticas sobre drogas e menores infratores.

Nas demandas apresentadas os temas principais da agenda deverão acompanhar a regulamentação dos papéis das polícias, a redução da maioridade penal e a punição mais dura a criminosos que cometem crimes contra policiais.

A sociedade anseia pelo fim da corrupção e para dar expressão à causa recentemente um representante da classe o policial federal e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), foi o parlamentar mais bem avaliado de 2017 do estado de são Paulo e de todo o Brasil.

Eduardo é a expressão da direita no Brasil, um ícone em defesa das tradições e do conservadorismo no país. Eduardo, filho do presidenciável Jair Bolsonaro, é favorável à revogação do Estatuto do Desarmamento, da redução da maioridade penal e contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo e à política de cotas raciais entre outros temas considerados pela esquerda brasileira como polêmicos.

Rafael Ranalli-MT

Em Mato Grosso Rafael Ranalli, que é Policial Federal. E com apoio do Sindicato dos Policiais Federais do MT, apesar de nunca ter pensado antes na possibilidade resolveu a pedido, colocar seu nome a disposição e será pré-candidato do Patriota a deputado federal em 2018.

“No sindicato a conversa surgiu justamente por conta da situação atual pela qual passa o País. A política precisa de gente idônea, que queira mesmo fazer duro combate a corrupção e os colegas me apoiaram então resolvi aceitar esse desafio e a proximidade com aquilo que pensa o Bolsonaro nos trouxe para o Patriota”, conta Rafael Ranalli ao apontar como principais características para um bom político a valorização da família e o conservadorismo.

Rafael é policial há 11 anos e seguidor do pré-candidato a presidente, deputado federal Jair Messias Bolsonaro, desde 2012.

A violência é um dos temas mais preocupantes para os brasileiros atualmente.

A bancada da segurança, como é chamada no congresso nacional, atua de forma independente, transitando na centro direita e direita, deverá ter um crescimento significativo em 2018. Esses parlamentares transitam por todas as áreas: saúde, educação e transporte, porém a especialidade é a segurança pública.

Os policiais estão articulados na politica há muitos anos, e nesse momento em especial os candidatos do segmento começam a aumentar suas possibilidades de obterem votos.

Com suas habilidades ,inerentes a profissão aumenta a capacidade de exercer o papel de fiscalização e controle das ações do governo.

Um dos grupos mais organizados é a dos policiais federais; com sindicato forte, a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) representa escrivães, papiloscopistas e agentes; estão em plena campanha interna para ampliar a bancada da segurança no Congresso.

Embalados pela imagem positiva, oriunda das operações policiais que ganharam o país, como a Lava Jato.

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

SOBRAS DE DUODÉCIMOS PARA A SAÚDE, PROPÕE DEPUTADO

A grave crise na área da saúde, por que passa o estado do Mato Grosso, sensibilizou o deputado federal Victorio Galli (PSC/MT). O parlamentar, além de destinar quase 100% de

Notícias 0 Comentários

LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS PARTICIPAM DE QUALIFICAÇÃO EM RONDONÓPOLIS

Finalizou no último sábado o curso de Dicção e Oratória promovido pela Fundação Ulysses Guimarães – FUG em Rondonópolis. O projeto de formação da FUG já capacitou mais de 1.000

COMÉRCIO DE RONDONÓPOLIS FECHA AS PORTAS EM APOIO AOS CAMINHONEIROS

Uma decisão tomada de forma voluntária por comerciantes de Rondonópolis,nesta segunda-feira (28) começou a tomar proporção e adesão nas redes sociais. Eles decidiram fechar as portas a partir das 15h

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta