QUEIMADAS:“FOGO AMIGO” PODE SER A CAUSA DE INCÊNDIO NA RESERVA TADARIMANA

QUEIMADAS:“FOGO AMIGO” PODE SER A CAUSA DE INCÊNDIO NA RESERVA TADARIMANA

A fumaça que já toma conta de praticamente toda a cidade Rondonópolis, e começa a trazer prejuízos à saúde da população como problemas respiratórios, tosse, dor de cabeça e irritação nos olhos, principalmente aos moradores de bairros  mais próximos da mata da reserva indígena Tadarimana.

O corpo de bombeiros e a secretaria municipal de meio ambiente (semma), tentam controlar e extinguir o fogo e já recebem reforços para conclusão do combate aos  focos.

No entanto a pergunta que todos fazem, é como surge esse fogo espontâneo na reserva e quem seriam os responsáveis?

Uma olhada em alguns estudos pode trazer a evidencia da resposta, seria o chamado Fogo amigo o responsável?

Fogo amigo é a prática indígena de queimar grandes áreas de cerrado. Pesquisadores garantem que a prática de queimar grandes áreas de cerrado adotada por nativos há séculos – é benéfica para o bioma.

O fogo e o povo indígena

Essa questão começou a ser mais apontada, pelo fato de que, desde 2007, os índios xavantes, no Mato Grosso, têm queimado cerca de 370 mil hectares de cerrado, ou 83% da área total da reserva federal em que estão. A motivação dos índios é a de caçar animais, que ficam acuados com as chamas e se desgarram dos grupos, facilitando a caça.

Função do fogo para vários povos indígenas

Além dos xavantes, os crahôs, os caiapós e os canelas também utilizam o fogo para: rituais religiosos, tratamento de terra de plantio e caçar. As queimadas são feitas sempre de forma controlada e estratégica, e o processo se dá da seguinte forma: é feito um círculo de fogo, extensivo por uma grande área e aguardam os animais começarem a fugir.

O produto da caça é levado a casamentos, e também a ritos de passagem do jovem para a vida adulta.

O fogo e o cerrado

O bioma do cerrado, especificamente, convive bem com o fogo. Desde as árvores, com grossos troncos, passando por frutos, com cascas resistentes, mostra que toda a vegetação é capaz de apresentar grande resistência. Inclusive, são áreas muito abertas, suscetíveis à incidência de raios, que acabam provocando queimadas naturais. Por isso, o fogo amigo promove renovação no solo.

Assim, o bioma se adaptou às queimadas. As árvores têm troncos grossos resistentes ao calor e muitos frutos têm invólucros que protegem as sementes de altas temperaturas.

Desta forma as queimadas constantes, em terras indígenas podem ser fruto de uma prática natural  para os indígenas, que trás consequências inimagináveis para aqueles que não tenham a mesma interação cultural.

 

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

POLÍTICA DA BOA VIZINHAÇA

O Condomínio Fechado Terra Nova em Rondonópolis, localizado no Bairro Sagrada Família com mais de 700 casas tem despertado olhares interessantes nesta campanha eleitoral, pois cerca de 5 candidatos a

Política 0 Comentários

TEM SECRETÁRIO DO PREFEITO MAIS” FALSO QUE NOTA DE 3 REAIS” DIZ VEREADOR

O vereador Roni Magnani (PP) utilizou a tribuna da casa de leis nesta quarta-feira (19) e desabafou que está cansado de tentar ajudar a administração municipal, pois segundo o parlamentar

Mato Grosso 0 Comentários

LONGEVIDADE : MORRE AOS 107 ANOS, UMA DAS MULHERES QUE MAIS VIVEU NO MT

Considerada a mãe das mães de Barra do Garças, dona Jovelina foi exemplo de perseverança e de luta pois criou 18 filhos trabalhando como lavadeira de roupas e na roça