Foto: Ronaldo Teixeira QUASE R$ 500 MIL EM SALÁRIOS PARA AGENTES DE TRÂNSITO EM RONDONÓPOLIS

QUASE R$ 500 MIL EM SALÁRIOS PARA AGENTES DE TRÂNSITO EM RONDONÓPOLIS

REFERENTE A VALORES BRUTOS DE AGOSTO, SEGUNDO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA

Não existem adjetivos completos para denominar a  Inoperância da  Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Setrat), no município de Rondonópolis, e a ausência de agentes de trânsito para intervir em situações como o tráfego de carretas; ou alguma intervenção que gere transtornos por  conta de  obras, ou mesmo a falta de organização em vias interditadas, sem qualquer aviso prévio ao cidadão.

Semáforos inoperantes, são comuns e colocam em risco os motoristas menos atentos. Os agentes de trânsito, popularmente chamados de “amarelinhos”, são alvos de críticas na cidade, por conta do pouco atuação e principalmente pelo alto custo aos cofres públicos.

Segundo o portal da transparência do município, no mês de agosto somente a folha salarial dos agentes; que aparecem como analistas instrumentais na folha de pagamento chegou a quase meio milhão de reais. Mais precisamente (R$ 485.564,68 quatrocentos e oitenta e cinco mil, quinhentos e sessenta e quatro reais e sessenta e oito centavos) brutos.

Os altos salários desses profissionais estão compreendidos entre R$ 12 mil e com complementos pode ultrapassar os R$ 27 mil, conforme a tabela do portal de transparecia do mês de agosto de 2020. (referente aos valores brutos, sem incidência de descontos).

Este é o impacto orçamentário dos agentes de Trânsito em Rondonópolis; uma cidade que possui um trânsito caótico; sem qualquer planejamento e muito menos conta com uma fiscalização eficiente.

Acesse o portal da transparência e confira

http://www.rondonopolis.mt.gov.br/transparencia_rondonopolis/servlet/home_portal_v2

Talvez você também goste

Mato Grosso 0 Comentários

TIROTEIO E MORTE EM APARECIDA DO LESTE- DISTRITO DE POXORÉU MT

Segundo informações os policiais estavam na festa à paisana, quando o jovem que morreu começou a discutir e sacou a arma e efetuou um disparo, dando início a troca de

Brasil

Inconcebível – Família enterra homem morto de Covid-19 em vez de familiar idosa por erro do Hospital

Um hospital de Santo André, na região do ABC paulista, cometeu um erro na última quarta-feira (8) ao trocar o corpo de uma mulher idosa, morta por broncopneumonia, com o de um

Destaques

COVID-19: Rondonópolis perde médico Valdir Faria Moraes

Valdir Faria Moraes, faleceu na madrugada de hoje, em razão de complicação da Covid-19. Doutor Valdir, como era conhecido, estava internado na UTI da Unimed em Rondonópolis. Ele tinha 76