PROTESTO DOS CAMINHONEIROS: RONDONÓPOLIS NÃO DEVERÁ ADERIR SEGUNDO ATC

PROTESTO DOS CAMINHONEIROS: RONDONÓPOLIS NÃO DEVERÁ ADERIR SEGUNDO ATC

Gilson Baitaca líder do Movimento dos Transportadores de Grãos e Derivados (MTG) convocou um movimento de paralisação e protestos pelas rodovias no Estado a partir da próxima terça (1º). Os trabalhadores contestam o aumento nas alíquotas que incidem sobre os combustíveis. Os aumentos já receberam críticas de outras entidades.

O Governo Federal anunciou na última quinta (20) que as alíquotas que incidem sobre a gasolina, diesel e etanol iriam aumentar. As altas, que impactam toda a cadeia, da refinaria até os postos, no dia seguinte já estavam sendo sentidas pelos consumidores. O combustível, em Cuiabá, subiu a média de R$ 0,60, valor acima do previsto pelo governo de R$ 0,40, no caso do álcool, conforme constatado pela redação.

As alíquotas subiram de R$ 0,3816 para R$ 0,7925 para o litro da gasolina e de R$ 0,2480 para R$ 0,4615 para o diesel nas refinarias. Para o litro do etanol, a alíquota passou de R$ 0,12 para R$ 0,1309 para o produtor. Para o distribuidor, a alíquota que antes era zerada, aumentou para R$ 0,1964.

O líder do MTG relata que os transportadores de Mato Grosso têm sofrido desde o início do ano e que os aumentos da última semana foram imediatamente sentidos pelos trabalhadores.

Gilson finaliza afirmando que o movimento deve paralisar trechos da BR-163, na região entre Rondonópolis e Matupá; da BR-070, que interliga Barra do Garças e Goiás e da BR-364, que chega até Rondônia. “Depois disso vamos esperar que os trabalhadores ingressem no movimento de luta, que é totalmente pacífico. Estamos lutando por toda a sociedade produtiva brasileira”, diz.

ATC (Associação dos Transportadores de Carga de Mato Grosso)

Segundo informações de um dos diretores da ATC (Associação dos Transportadores de Carga de Mato Grosso) em Rondonópolis MT, a paralisação não contará com apoio da entidade em um primeiro momento, o diretor disse que a entidade acha justa a reivindicação, porem é sempre Rondonópolis que começa a parar os caminhões no Brasil, e desta vez vai aguardar como será a mobilização no país para depois aderir ou não ao movimento.

 

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

PGR diz que crimes cometidos por Pezão continuavam sendo praticados

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse hoje (29), após a deflagração da nova fase da Lava Jato que resultou na prisão do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando

Educação 0 Comentários

53 candidatos tiraram nota mil na redação do ENEM nenhum de Mato Grosso

Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta sexta-feira (17) que 53 participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 obtiveram nota máxima na prova de redação, enquanto outros 143.736 zeraram

Destaques 0 Comentários

VALIDADE DA CNH PASSARÁ DE 5 PARA 10 ANOS NO GOVERNO BOLSONARO

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, avisou hoje (28) via Twitter que pretende aumentar o prazo de validade da carteira nacional de habilitação no Brasil. Ele pretende estender o prazo de

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta