PROJETO DE LEI QUER BANIR NOME DA AVENIDA PRESIDENTE MÉDICI EM RONDONÓPOLIS

PROJETO DE LEI QUER BANIR NOME DA AVENIDA PRESIDENTE MÉDICI EM RONDONÓPOLIS

E Gerou Polêmica Nas Redes Sociais

O projeto de lei do vereador Silvio Negri (PC do B), está provocando muitos debates e polêmicas em Rondonópolis, o teor proíbe a denominação de logradouros públicos como ruas, com nomes de pessoas que já cometeram ou patrocinaram algum tipo de crime.

Mas alvo principal do vereador comunista é o Revanchismo, segundo suas próprias palavras com mudanças principalmente de nomes daqueles que pertenceram ou fizeram parte da ditadura militar. Um exemplo claro disso aqui em Rondonópolis é a avenida que leva o nome de Presidente Médici”. Disse o vereador.

A ideia foi contestada em várias publicações nas redes sociais, entre elas a publicação do Advogado,radialista, poeta,escritor e membro da Academia Mato-grossense de Letras Ailon Bispo do Carmo.

 

Foi no Governo Militar, vereador, que o nosso país alcançou o maior índice de desenvolvimento econômico e social de sua História: fabulosas usinas hidrelétricas de Itaipu (energia pra mais de 50 milhões de residências) e Tucuruvi; usinas nucleares de Angra; ponte Rio-Niterói (a 13ª maior do mundo em extensão); criação da Telebrás, Embrapa e Infraero; asfaltamento de todas as rodovias federais; expansão da indústria, em especial a automobilística; dentre tantas outras, principalmente no Governo Médici. Vereador, você nos envergonha com esse nauseante projeto – despeito tardio porque seu miserável partido político foi derrotado no Contra-golpe militar de 64… Vereador vá procurar o que fazer! (AILON CARMO)

 

O projeto está em tramitação nas comissões parlamentares ainda não foi para votação, ao que parece vai provocar muita discussão entre os prós e os contras. Isso é o pleno exercício da democracia.

 

Redação

 

Sobre o Autor

Talvez você também goste

MARCO FELICIANO PODERÁ OCUPAR O MINISTÉRIO DA CIDADANIA

Em reunião com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), nesta terça-feira (27), integrantes da bancada evangélica indicaram o nome do deputado Marco Feliciano (Podemos/SP) para comandar o Ministério da Cidadania.

Destaques 0 Comentários

SUSPENSA A LICITAÇÃO DE FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA EM RONDONÓPOLIS

Uma nova licitação para operação de fiscalização eletrônica que estava marcada para acontecer nesta terça-feira 3 de dezembro a partir da 8h30, na prefeitura de Rondonópolis para operar o sistema

Destaques 0 Comentários

COAF ACUSA ROMÁRIO DE LAVAGEM DE DINHEIRO

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), do Ministério da Fazenda, acusa Romário, senador e pré-candidato ao governo do Rio, de lavagem de dinheiro. Ele usou uma conta no

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta