PROJETO DE LEI DE GALLI PREVÊ DIREITO DE ACUMULAR SALDO DE INTERNET PARA O MÊS SEGUINTE

PROJETO DE LEI DE GALLI PREVÊ DIREITO DE ACUMULAR SALDO DE INTERNET PARA O MÊS SEGUINTE

Um Projeto De Lei do deputado federal Professor Victorio Galli (PSC) que Altera a Lei nº 9.472, de 16 de julho de 1997, vai beneficiar o usuário de internet em banda larga móvel.

A proposta prevê o direito de acumular o saldo não utilizado no mês subsequente, não ultrapassando o período de um ano. Segundo Galli atualmente as operadoras de telefonias tem tratado de forma desigual os seus usuários.

No Brasil, existe  o que podemos dizer de um “quase  monopólio” de operadoras de telefonia móvel. Os governos anteriores não expandiram o mercado de oferta para entrada de novas operadoras, resultando em um serviço de baixa qualidade e preço alto, o consumidor acaba sendo lesado por estas situações e as  operadoras acabam estabelecendo suas regras, assim o projeto se torna necessário para corrigir as distorções causadas pelas circunstâncias deste processo.

“Todos nós sabemos que quando o usuário excede o saldo contratado, na mesma hora ele perde o sinal de internet. Por isso proponho direitos iguais no sentido de não consumindo a quantidade em banda larga de internet contratada pelo usuário seja este saldo transferido para o mês subsequente, ou seja, acumulando o seu saldo por no máximo um ano”. Disse o deputado

O código de defesa do consumidor apesar de ser de 1990, é uma garantia legal e atual conquistada pelo povo Brasileiro. Com o intuito de dar proteção ao consumidor em suas relações de consumo. Assim concluímos pela máxima “quem pode mais, pode menos” de modo que se teria o consumidor direito à acumulação de seu saldo, bem como a operadora o direito de cortar os serviços dos usuários excedentes.

O projeto foi encaminhado na terça- feira (27), a fim de impedir que as operadoras de telefonia, com sua insolência, continuem a lesar os consumidores de todo o Brasil e serve como uma espécie de freio às pratica das operadoras de telefonia.

“As práticas abusivas das operadoras de telefonia em exercício no Brasil, são evidentes e no tocante à evolução tecnológica veloz, existe a necessidade de acompanhamento de suas ações”. Concluiu Galli

 

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

POLÍCIA FEDERAL E PRF INTERCEPTAM CARREGAMENTO DE 275 KG DE MACONHA NA BR 163

Após recebimento de denúncia anônima, dando conta de possível carregamento de entorpecentes vindo do estado do Mato Grosso do Sul, equipes da PF e PRF montaram barreira policial próxima ao

CRISE NA CAIXA PODE DERRUBAR REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Um dos vice-presidentes afastados da Caixa Econômica, Roberto Derziê de Sant’Anna, circulava no Planalto com frequência. Visitava os ministros responsáveis pela articulação política. Com Temer, segundo a agenda oficial, esteve três vezes em

Destaques 0 Comentários

PROS ARTICULA PROJETO RUMO A PREFEITURA DE RONDONÓPOLIS EM 2020

O diretório municipal do Partido Republicano da Ordem Social – PROS em Rondonópolis, está articulando para lançar um nome as eleições municipais de 2020. A legenda pretende ser protagonista e

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta