Foto: Charles Emanoel Professores e estudantes da UFMT fazem “vaquinha” para custear produção de curta-metragem em Rondonópolis

Professores e estudantes da UFMT fazem “vaquinha” para custear produção de curta-metragem em Rondonópolis

O projeto independente conta com 16 participantes, a maioria estudantes da própria universidade.


A ação coletiva para o financiamento do curta-metragem “As Memórias Que Eu Não Queria Ter” teve um total de 28 assinaturas e conseguiu arrecadar R$ 1.470,00. O dinheiro será utilizado para pagar despesas de figurino, transporte e alimentação da equipe durante as filmagens. As gravações estão marcadas para este mês de dezembro e serão feitas no município de Rondonópolis.


O projeto independente é uma parceria do Coletivo Corpo Anu e da produtora rondonopolitana Filme Simples. Ao todo, entre a equipe de produção e o elenco, o grupo reúne 16 pessoas, a maioria estudantes e ex-alunos da própria universidade.


Em “As Memórias Que Eu Não Queria Ter”, o pai, Pedro, interpretado por Marcos Leque e sua filha, Andressa, interpretada por Camila Pinho, perdem a matriarca da família. Após esse acontecimento trágico, o pai passa a se comportar de forma estranha, o que chama a atenção da filha. Ao investigar o pai, a filha descobre coisas surpreendentes que a coloca entre a vida e a morte.


Com o roteiro escrito por Cassyo André Sonda junto com Everson Marcos Teodoro da Silva, o filme aborda a temática da saúde mental a partir de uma ficção em que pai e filha sofrem por dilemas da vida e encontram dificuldade para lidar com tais acontecimentos. A narrativa acontece em duas linhas temporais, em que se mesclam passado e presente, para mostrar os motivos do sofrimento mental daquela família e como isso afetou a vida deles.


Para o diretor do projeto e também aluno de letras da UFMT, Cássyo André Sonda, o maior objetivo da produção do curta é a finalidade artística. “A arte é fundamental para a vida em sociedade, porque permite reflexão e crítica sobre ela mesma. É isso que buscamos com esse projeto, produzir cinema e tentar fazer isso da melhor forma possível, já que é muito difícil para se encontrar editais e empresas que apoiem projetos como esse”, declarou.


“É preciso agradecer primeiramente a parceria com toda a equipe de produção que se dispôs a realizar este projeto, especialmente ao Rafael Irineu, nosso diretor de fotografia e supervisor de direção, e a todos os professores, professoras e amigos que acreditaram e contribuíram para a realização desse curta”, completou.


Participaram da ação coletiva professores dos cursos de Letras Língua-portuguesa e Letras Inglês, História, Enfermagem, Pedagogia e Psicologia da Universidade Federal. Alguns alunos do curso de letras também contribuíram. O filme ainda está em produção e o lançamento do está previsto para o ano que vem.


Ficha Técnica:
Direção Geral: Cássyo André Sonda (Cássyo Ander)
Direção de Fotografia e Supervisão de Direção: Íris Alves Lacerda
Assistente de Direção: Sara Thimóteo
Assistente de Fotografia: Charles Emanoel
Secretaria Geral: Cibele Antonhasse
Fugurino e maquiagem: Ricardo Almeida
Operador de Microfone: Elias Narvaes (Léo Autista)
Maquinária: Bruno Moura

Elenco:
Andressa: Camila Pinho
Pedro: Marcos Leque
Renata: Thais Sales Alves
Admilson: Ronald Robert
Maria Santana: Juçara Naccioli
Rosa: Marciane Silva Pereira
Atendente: Henrique Teixeira
Elenco de apoio: Letícia Silva Souza e Kawa Amorim
.

Por Marcos Leque

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

MÉDICO INTERNADO NA UTI EM RONDONÓPOLIS COM SUSPEITA DA SÍNDROME DE GUILLAIN-BARRÉ

Mais um caso de suspeita da síndrome de Guillain-Barré, doença autoimune que afeta o sistema neurológico em Rondonópolis. Trata-se de um conceituado médico pediatra da cidade, que está internando na

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Secretaria de Saúde participa de reunião de condução e apresenta relatório de gestão

A secretária Izalba Diva Albuquerque juntamente com sua equipe técnica da Atenção Básica, Ações Programáticas, Saúde Coletiva, Assessoria de Planejamento entre outros departamentos responsáveis pelo funcionamento da saúde do município,

Destaques

Vereador adianta doação de 3 meses de salário e faz depósito ao fundo municipal de Saúde

O vereador Thiago Muniz (DEM) de Rondonópolis, publicou nesta segunda-feira em sua pagina do facebook um comprovante de deposito no valor de R$ 52.898,13 ao fundo municipal de saúde para

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta