PREPARE O BOLSO: EM MARÇO MAIS UMA “BLITZ ARRECADATÓRIA” EM RONDONÓPOLIS

PREPARE O BOLSO: EM MARÇO MAIS UMA “BLITZ ARRECADATÓRIA” EM RONDONÓPOLIS

Uma nova operação arrecadatória esta definida para acontecer na primeira quinzena de março em Rondonópolis. Sob a alegação de combater a criminalidade e aumentar a segurança da população.

Apenas um pano de fundo para o verdadeiro motivo das blitz de trânsito, que na verdade é uma operação para multar e apreender veículos com impostos vencidos.

Uma grande mobilização de policiais e agentes de trânsito, que atuaram com rigor, para que o governo do estado do MT possa por todos os meios levantar recursos para quitar folha salarial, fazer repasses de duodécimos, manter o custeio da máquina. A ordem é fechar o cerco, para que nada, absolutamente nada escape e assim arrecadar do contribuinte em dívida com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e seguro obrigatório atrasado.

Como aconteceu no mês de novembro de 2017 , quando bastava haver multas não quitadas no veiculo para que fosse recolhido ao pátio de apreensão, então a população pode começar a preparar o bolso vem aí mais um assalto do estado ao contribuinte e com utilização de força policial.

O estado usa a polícia que deveria garantir a segurança para a população nas ruas, para realizar blitz em veículos com objetivo claro de mera arrecadação é inconcebível na literatura jurídica nacional.

O povo quer segurança nas portas das suas casas, e não policiais fazendo blitz para tomar o veículo de quem não paga IPVA. Débito de IPVA deve ser cobrado na Justiça não constrangendo cidadãos que na maioria os compram com muita dificuldade, pagando em muitas prestações para ser oprimido com aparato policial a serviço do estado.

Preparem o bolso, porque tecnologia não faltará para identificar os devedores de impostos, afinal as equipes utilizaram o radar móvel OCR (leitura ótica dos caracteres de placas veiculares).

Assaltos e mortes proliferam diariamente nas cidades do mato grosso onde em sua grande parte o contingente de policiais é insuficiente, enquanto muitos deles estão sendo usados em blitz com o objetivo de engordar a conta bancária do Governo do estado.

Por enquanto Marreta Neles!

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Brasil

PF: Veja a lista dos alvos da operação Fake News

Oito deputados bolsonaristas também são alvos da operação da PF deflagrada nesta manhã, no âmbito do inquérito das fake news. São eles: Bia Kicis (PSL-DF), Carla Zambelli (PSL-SP), Daniel Lúcio da

Polícia 0 Comentários

POLÍCIA FEDERAL E PRF INTERCEPTAM CARREGAMENTO DE 275 KG DE MACONHA NA BR 163

Após recebimento de denúncia anônima, dando conta de possível carregamento de entorpecentes vindo do estado do Mato Grosso do Sul, equipes da PF e PRF montaram barreira policial próxima ao

Destaques

Hidroxicloroquina começa a ser contrabandeada no Brasil

A legislação brasileira define que medicamento é todo produto farmacêutico, tecnicamente obtido ou elaborado, com finalidade profilática, curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico; sendo um conjunto de substâncias elaboradas

5 Comentários

  1. Marsellus Cardousous
    fevereiro 28, 20:48 Responder

    O zezinho poderia ate impedir mas como ele quer jogar a mulher dele para vice então ele abre as pernas e permite.

  2. Uma coisa não justifica outra, mas se os veículos estivessem com seus documentos em dia o estado não precisaria fazer esse tipo de blits, mas vindo de uma população que se orgulha de por nas redes sociais a vende de automóveis com os dizeres “atrasado, não compensa pagar””dispenso curiosos”! O jornalismo deveria fazer matérias de como organizar e pagar seus tributos e não de achar que não pagar imposto é assalto do estado! Estou cansado de cada vez mais pagar imposto pra cobrir quem não paga!!

  3. Tony Davis
    março 01, 00:32 Responder

    Já que a polícia em Roo dificilmente pega bandido, então mais fácil pegar o cidadão q ta indo ou voltando do serviço, afinal tem que mandar dindin pro papai taxi.

  4. Euripedes Batista
    março 07, 18:05 Responder

    Pegar bandido que é bom, nada. A polícia tá muito em débito com o povo pra ficar perdendo tempo em blitz.

Deixa uma resposta