Foto: Matusalém Teixeira PREFEITURA NÃO PAGA E FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA É SUSPENSA EM RONDONÓPOLIS

PREFEITURA NÃO PAGA E FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA É SUSPENSA EM RONDONÓPOLIS

Conforme publicado no dia 24 de abril de 2018 pelo Marreta Urgente, a empresa TALENTECH que presta serviços para a prefeitura municipal de Rondonópolis, no setor de tecnologia para o trânsito sendo responsável pelos radares e lombadas eletrônicas de fiscalização, suspendeu os serviços após a prefeitura permanecer inadimplente com a empresa por aproximadamente 120 dias.

Os radares de fiscalização eletrônica são administrados pela TALENTECH do grupo GTO.

Mesmo que a  Secretária Municipal de Governo Mara Gleibe tenha descartado que a suspensão não ocorreria, a realidade que presenciamos é outra e o serviço está suspenso.

Segundo nota oficial da prefeitura os radares voltarão a funcionar tão logo sejam sanados alguns problemas de “ordem administrativa como emissão de relatórios e os repasses sejam efetuados”.

Redação

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

CLAUDIO FERREIRA PODERÁ DISPUTAR PREFEITURA DE RONDONÓPOLIS

As articulações para as eleições de 2020 e as informações nos corredores da política local não param um minuto sequer, e mais uma pré-candidatura está sendo articulada para a prefeitura

Notícias 0 Comentários

“ADESIVAÇO” EM APOIO A BOLSONARO ACONTECERÁ EM RONDONÓPOLIS NO SÁBADO (17)

Militantes e apoiadores dos ideais do deputado federal Jair Bolsonaro, de Rondonópolis-MT (216 km de Cuiabá) realizarão um “adesivaço” na tarde deste sábado (17) na Avenida Lions internacional em frente

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

Transparência | Em menos de três anos IMPRO passou por várias auditorias

Instituto Municipal de Previdência dos Servidores de Rondonópolis (IMPRO) é um dos órgãos municipais mais fiscalizados da cidade. A autarquia responsável pela gestão e pagamento de aposentados e pensionistas presta