Polícia Civil prende homicida foragido de Tocantins que utilizava nome de irmão para não ser descoberto

Polícia Civil prende homicida foragido de Tocantins que utilizava nome de irmão para não ser descoberto

Um foragido da Justiça que utilizava o nome do irmão para não ser descoberto foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (30.08), após ter seu verdadeiro nome identificado pelos policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao Sul).

O suspeito, Renato Brito de Alencar, 34, estava com a ordem de prisão decretada pela Justiça de Tocantins por crime de homicídio. As investigações iniciaram há cerca de dois meses, quando durante uma abordagem policial o suspeito se apresentou com o nome do irmão (Walmor Brito Alencar), porém não apresentou documentos pessoais.

Em checagem no sistema, foi possível verificar diversas passagens criminais anteriores em nome de Walmor pelos crimes de furto (consumado e tentado), tráfico de drogas, dano, além de vários boletins de ocorrência de extravio de documentos.

Desconfiando que o suspeito havia mentido o nome, os policiais da Derf Rondonópolis iniciaram o trabalho investigativo para descobrir a sua verdadeira identidade, Durante cruzamento de dados, os policiais descobriram o mandado de prisão em aberto em nome de Renato Brito Alencar, que em tese seria irmão do investigado, expedido pela Comarca de Araguaçu (TO).

Em continuidade as checagens, os policiais encontraram uma fotografia do suspeito “Walmor”, ocasião em que foi possível perceber que o investigado não era a mesma pessoa que se apresentava, se tratando na verdade de Renato Brito Alencar.. Com a constatação, iniciaram novos trabalhos de buscas pelo foragido, que foi detido pelos policiais da Derf Rondonópolis, na sexta-feira (30), na região Central de Rondonópolis.

Na abordagem, o suspeito novamente se apresentou com o nome de Walmor, porém questionado, o suspeito acabou confessando o verdadeiro nome e revelou que passava pelo seu irmão para não ser descoberto pela Polícia. Diante das evidências, o foragido foi conduzido a Derf Rondonópolis, onde foram tomados os procedimentos de praxe para cumprimento da ordem de prisão.

Assessoria

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

VEM AÍ OUTRA “BOMBA”: EMPRESÁRIA FARÁ DELAÇÃO NO STF E ENTREGARÁ MAIS POLÍTICOS NO MT

Um novo capítulo em relação a delação premiada pode começar em breve, a empresária Marilena Aparecida Ribeiro e Silva  uma das operadoras de “empréstimos piratas” para o ex-governador Silval Barbosa

Luciano Hang recebe convite para a Farm Show em Primavera do Leste

O Sindicato Rural de Primavera do Leste esteve reunido, na manhã desta segunda-feira (16), com o fundador e presidente da HAVAN no Brasil, Luciano Hang. O encontro ocorreu na cidade

Notícias 0 Comentários

Museu Nacional arde; A perda é incalculável

Pegou fogo ontem à noite, e lambeu todo, o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro. Ligado à UFRJ, fundado em 1818 por dom João VI,