Polícia Civil prende em flagrante suspeito apontado como autor de homicídio em Rondonópolis

Polícia Civil prende em flagrante suspeito apontado como autor de homicídio em Rondonópolis

A Polícia Civil de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), através de investigações da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), esclareceu o homicídio ocorrido na tarde de segunda-feira (27.07), com a prisão em flagrante do autor do crime.

O crime que vitimou, Mauro Sergio Gançalves dos Santos, 33 anos, ocorreu  por volta das 17 horas, em sua residência nos fundos da residência no bairro Vila União.

Segundo as informações, a vítima estava em casa, quando o suspeito chegou na frente da residência e entrou efetuando diversos disparos de arma de fogo. A vítima tentou fugir, mas acabou sendo atingida e caiu no quintal da casa vizinha.

Com base nas informações passadas pelas testemunhas, a equipe da DHPP Rondonópolis conseguiu identificar o suspeito que foi localizado no bairro Conjunto São José.

Após ser localizado, o suspeito foi conduzido a DHPP onde interrogado pela delegada Juliana Buzetti, negou a autoria do crime, mesmo sendo seguramente reconhecido por testemunhas como o suspeito que chegou a residência e atirou contra a vítima.

“Acredita-se que o homicídio tenha ligação com o tráfico de drogas, porém as investigações continuam para esclarecer a motivação do crime”, disse a delegada.

PJC MT

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

Gás natural|Maior oferta reduziria custos de produção em MT, aponta pesquisa

Apesar do contrato ativo com a Bolívia para fornecimento de gás natural, a quantidade que chega ao Mato Grosso não é suficiente para atender a demanda. Quase todo o combustível

Mato Grosso 0 Comentários

AUDICOM PROTOCOLA DENÚNCIA NO TCE CONTRA PREFEITURA DE RONDONÓPOLIS

A Associação dos Auditores e Controladores Internos dos Municípios de Mato Grosso – AUDICOM-MT, protocolou, na segunda-feira (10), uma denúncia junto ao Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso

Destaques 0 Comentários

KALHIL E LEILA MALOUF TERÃO QUE PAGAR SALÁRIO MÍNIMO MENSAL A FAMÍLIA DE CATADOR DE MINHOCAS ASSASSINADO EM SUA FAZENDA.

No início de março: Isaias Galdino de Jesus, 38 anos, foi morto a tiros pelo capataz da Fazenda Maluf, localizada às margens da Rodovia dos Imigrantes, na tarde do dia