PM recebe doação do Sicredi para projetos sociais da instituição

PM recebe doação do Sicredi para projetos sociais da instituição

A Polícia Militar recebeu da Cooperativa Sicredi Ouro Verde a doação de verba para projetos sociais desenvolvidos pela PM. O termo de doação do fundo social foi assinado na tarde desta quarta-feira (21.08), no Quartel do Comando Geral, em Cuiabá.

Parceiro da Polícia Militar a pouco mais de um ano, o Sicredi aprovou o fundo social da cooperativa no valor R$ 40 mil reais para a manutenção de projetos desenvolvidos por policiais militares, entre eles, o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), a Escolinha de Futebol e Jiu-Jitsu Rotam e Judô Bope, ações sociais que atendem crianças e jovens em situações de vulnerabilidade social no Estado.

O termo de doação foi firmado entre o comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, e a gerente de agência Sicredi, Patrícia Capitanio. O ato foi prestigiado por coordenadores e policiais militares que atuam como voluntários nas ações e também de crianças atendidas pelos projetos da PM e seus familiares. 

O coronel Jonildo José de Assis agradeceu a sensibilidade da direção da cooperativa em destinar os recursos para fortalecer ainda os projetos. “Eu agradeço o apoio dos senhores, nossos parceiros que contribuem com o desenvolvimento de crianças e jovens de Mato Grosso. Conte com a gente toda a equipe do Sicredi os nossos projetos buscam o bem comum da nossa sociedade, e vocês fazem parte disso”, ressaltou coronel Assis. 

A gerente de agência do Sicredi, Patrícia Capitanio conta que a destinação do recurso aos projetos é uma forma de agradecer o apoio dos policiais militares que acreditam nos produtos e serviços da cooperativa.

“É uma honra para o Sicredi fazer parte de alguma forma destes projetos sociais tão importantes para o nosso Estado. Confiamos na Polícia Militar e essa instituição também confia no Sicredi, contamos hoje com quase 900 policiais na nossa carteira de clientes e isso nos motiva a sempre sermos parceiros desta instituição, ainda mais em projetos tão nobres que atendem crianças e jovens”, conta a gerente.

Elissandra Cesário da Silva, mãe de Guilherme, de 07 anos, aluno no projeto Jiu-Jitsu Rotam há três meses, diz que saber quais empresas estão apoiando o projeto que o filho participa incentiva ainda mais as famílias.

“O meu filho neste projeto da Rotam mudou para melhor, no comportamento, na escola. Meu filho estava acima do peso, agora com a pratica do jiu-jitsu até a saúde dele melhorou. Ficamos muito felizes com o apoio das empresas no projeto, é maravilhosa essa ajuda deles”, revela Elissandra. 

Assessoria

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 2 Comentários

“REFÉM DA CRIMINALIDADE”: MAIS UMA LOJA É ASSALTADA EM RONDONÓPOLIS

Mais uma loja foi assaltada em Rondonópolis /MT, cidade onde os moradores enfrentam a situação de “reféns da criminalidade”. Na manhã desta sexta-feira (4) por volta das 7h30,  dois indivíduos

Destaques 0 Comentários

MINISTRO DIAS TOFFOLI SUSPENDE COAF SEM AUTORIZAÇÃO JUDICIAL

O presidente do Supremo, José Antonio Dias Toffoli, mandou suspender nacionalmente o andamento de todos os processos instaurados sem supervisão da Justiça que se baseiem em dados recebidos de órgãos

Mato Grosso 0 Comentários

INSÔNIA NO MT: OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL NOS PRÓXIMOS DIAS

Trinta dias após a Polícia Federal desencadear a Operação Malebolge (12ª fase da Ararath), onde vários mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal foram cumpridos. Parece quem