PM recebe doação do Sicredi para projetos sociais da instituição

PM recebe doação do Sicredi para projetos sociais da instituição

A Polícia Militar recebeu da Cooperativa Sicredi Ouro Verde a doação de verba para projetos sociais desenvolvidos pela PM. O termo de doação do fundo social foi assinado na tarde desta quarta-feira (21.08), no Quartel do Comando Geral, em Cuiabá.

Parceiro da Polícia Militar a pouco mais de um ano, o Sicredi aprovou o fundo social da cooperativa no valor R$ 40 mil reais para a manutenção de projetos desenvolvidos por policiais militares, entre eles, o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), a Escolinha de Futebol e Jiu-Jitsu Rotam e Judô Bope, ações sociais que atendem crianças e jovens em situações de vulnerabilidade social no Estado.

O termo de doação foi firmado entre o comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, e a gerente de agência Sicredi, Patrícia Capitanio. O ato foi prestigiado por coordenadores e policiais militares que atuam como voluntários nas ações e também de crianças atendidas pelos projetos da PM e seus familiares. 

O coronel Jonildo José de Assis agradeceu a sensibilidade da direção da cooperativa em destinar os recursos para fortalecer ainda os projetos. “Eu agradeço o apoio dos senhores, nossos parceiros que contribuem com o desenvolvimento de crianças e jovens de Mato Grosso. Conte com a gente toda a equipe do Sicredi os nossos projetos buscam o bem comum da nossa sociedade, e vocês fazem parte disso”, ressaltou coronel Assis. 

A gerente de agência do Sicredi, Patrícia Capitanio conta que a destinação do recurso aos projetos é uma forma de agradecer o apoio dos policiais militares que acreditam nos produtos e serviços da cooperativa.

“É uma honra para o Sicredi fazer parte de alguma forma destes projetos sociais tão importantes para o nosso Estado. Confiamos na Polícia Militar e essa instituição também confia no Sicredi, contamos hoje com quase 900 policiais na nossa carteira de clientes e isso nos motiva a sempre sermos parceiros desta instituição, ainda mais em projetos tão nobres que atendem crianças e jovens”, conta a gerente.

Elissandra Cesário da Silva, mãe de Guilherme, de 07 anos, aluno no projeto Jiu-Jitsu Rotam há três meses, diz que saber quais empresas estão apoiando o projeto que o filho participa incentiva ainda mais as famílias.

“O meu filho neste projeto da Rotam mudou para melhor, no comportamento, na escola. Meu filho estava acima do peso, agora com a pratica do jiu-jitsu até a saúde dele melhorou. Ficamos muito felizes com o apoio das empresas no projeto, é maravilhosa essa ajuda deles”, revela Elissandra. 

Assessoria

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques 0 Comentários

COM 6% DE REAJUSTE, VEREADORA DO PT “INSTIGA” PARALISAÇÃO EM MT.

Em Primavera do Leste – MT (244 km de Cuiabá), a vereadora Edna Machnic (PT), que é professora do estado do MT e presidente da COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA,

Notícias 0 Comentários

‘FUI ACORDADO POR GRITOS DE NÃO PULE!’: TESTEMUNHAS RELATAM INFERNO DE INCÊNDIO EM PRÉDIO DE LONDRES

Um prédio residencial de 24 andares ficou completamente destruído em um incêndio nesta madrugada em Londres. Os bombeiros, que passaram horas com várias equipes tentando conter as chamas, disseram acreditar

Dilma vai para a cadeia

O inquérito policial contra Dilma Rousseff, noticiado por Andréia Sadi, refere-se à campanha de 2010. Não tem nada a ver, portanto, com o pedido do PSDB ao TSE para investigar