PL PREVÊ CORTE DE SALÁRIOS PARA POLÍTICOS INVESTIGADOS E AFASTADOS

PL PREVÊ CORTE DE SALÁRIOS PARA POLÍTICOS INVESTIGADOS E AFASTADOS

Um projeto de lei de autoria do deputado federal Professor Victório Galli (PSC-MT), vai colaborar para diminuir a impunidade, combater a corrupção e demais problemas que advenham de ações contra parlamentares no Brasil.

A íntegra do projeto trata sobre a suspensão e perda compulsória dos vencimentos até o trânsito em julgado das sentenças contra Senadores e Deputados Federais que tiverem sido afastados inicialmente de suas funções por processo criminal.

Segundo o deputado Victório Galli, é fundamental para a democracia que se estabeleça condições para moralizar o parlamento brasileiro.

“A população não aguenta mais manter salários de parlamentares envolvidos em escândalos e que estão afastados de suas funções recebendo seus proventos”, disse Galli.

A proposta visa acabar com essa regalia. Se o parlamentar for afastado de suas funções por força judicial deverá compulsoriamente ter seus vencimentos suspensos e só depois de conferido sua inocência no processo judicial ter o direito retroativo aos salários vencidos.

“É preciso resgatar aos poucos a confiança da sociedade brasileira, que acima de tudo quer ver seus representantes honrando sua missão no congresso nacional”, concluiu o deputado.

São propostas como essa, com respostas rápidas de ação legislativa, que precisamos de aprovação no Congresso Nacional, para que a sociedade veja refletida atitude de combate à corrupção e à impunidade. Como no dito popular: “cortar na própria carne”.

Destacamos, de uma vez por todas, que não há mais espaço na atual conjuntura política para parlamentares mal-intencionados e criminosos.

 

Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias 0 Comentários

Presidente do Peru dissolve Congresso

O presidente peruano, Martín Vizcarra, ordenou na tarde de ontem a dissolução do Congresso Nacional e convocação de eleições parlamentares para 29 de janeiro. A decisão tem base constitucional. O

PT pede punição para pastores que apoiam Bolsonaro nas igrejas

A cúpula do PT quer que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) puna pastores que estão declarando apoio ao candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) dentro de suas igrejas, de acordo

Notícias 0 Comentários

ÁREA DE SEGURANÇA IRREGULAR É UTILIZADA COMO “ESTACIONAMENTO PARTICULAR “ POR SERVIDORES DO CIOSP EM RONDONÓPOLIS

Uma denúncia de irregularidades foi encaminhada a redação do Marreta Urgente nesta terça-feira (30), segundo as informações o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) em Rondonópolis localizado na

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta