Picaretagem: Congresso tira dinheiro da saúde e infraestrutura para fundo eleitoral

Picaretagem: Congresso tira dinheiro da saúde e infraestrutura para fundo eleitoral

A comissão do Congresso responsável pelo Orçamento aprovou ontem (4) um relatório preliminar que aumenta para R$ 3,8 bilhões o fundo eleitoral em 2020. Para turbinar os recursos das campanhas municipais, o Congresso prevê cortes em saúde, educação e infraestrutura.

Segundo a Folha, inicialmente, o governo de Jair Bolsonaro desejava destinar R$ 2 bilhões para custear as eleições. No entanto, presidentes e líderes de partidos que representam a maioria dos deputados e senadores articularam a elevação do valor do fundo em R$ 1,8 bilhão.

Tal aumento só foi possível após a redução de R$ 1,7 bilhão nas despesas de diversos ministérios. Desse montante, os maiores cortes foram em saúde (R$ 500 milhões), infraestrutura e desenvolvimento regional (R$ 380 milhões), que inclui obras de habitação, saneamento. A redução em educação chegou a R$ 280 milhões.

O novo valor do fundo eleitoral ainda será votado no relatório final na Comissão Mista do Orçamento. Depois, o plenário do Congresso analisará a proposta em sessão prevista para o dia 17 de dezembro.

Redação com Metro1

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

ONÇA NAS RUAS DE CERQUEIRA CÉSAR (SP) FOI CAPTURADA E DEVOLVIDA À NATUREZA

Uma onça assustou moradores de Cerqueira César (SP), na manhã desta terça-feira (1º). O felino foi flagrado “passeando” livremente pelas ruas do bairro Nove de Julho e chegou a invadir

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

SIDNEI FERNANDES VISITA COMUNIDADE ALDEINHA E APRESENTA SOLUÇÕES

O vereador Sidnei Fernandes (PDT) esteve na comunidade Aldeinha, junto ao secretário de Agricultura do município, Gládston Alves Moreira, e um representante da Semma municipal para verificar a possibilidade de

Notícias

NELES NÃO SERÁ VICE DE BONOTO E DESCARTA COMPOR COM PÁTIO

Durante a semana circularam informações sobre uma provável composição entre Neles Farias (PSC), conhecido empresário do ramo de materiais de construção e o Coronel Bonoto (PRTB), para uma dobradinha na

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta