PF deflagra Operação contra  exercício ilegal de segurança privada

PF deflagra Operação contra exercício ilegal de segurança privada

A Polícia Federal deflagrou na sexta-feira (27/09), em âmbito nacional, a Operação Segurança Legal IV para coibir o exercício ilegal da atividade de segurança privada, seja por empresas irregulares, seja por pessoas não capacitadas para garantir a segurança nos estabelecimentos comerciais e em locais de acesso público.

A operação ocorre simultaneamente nos 26 estados da federação e no Distrito Federal, envolvendo o trabalho do órgão central e de mais de 95 unidades de Polícia Federal distribuídas por todo o território nacional. Ao menos 318 empresas de segurança e estabelecimentos estão sendo fiscalizados.

Os prestadores de serviços de segurança privada fiscalizados deverão comprovar sua regularidade, bem como o emprego exclusivo de vigilantes devidamente treinados e capacitados para a atividade.

As empresas flagradas atuando de maneira irregular estarão

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Mato Grosso 2 Comentários

ABSURDO: PRESIDENTE DA CÂMARA DE PVA DO LESTE APRESENTA PROJETO DISPENSANDO PRESTAÇÃO DE CONTAS DA VERBA INDENIZATÓRIA

O Presidente da Câmara Municipal de primavera do leste-MT (244 km de Cuiabá) Valmiley Santos (PV), apresentou projeto de lei, que desobriga os vereadores a prestarem conta da verba indenizatória.

Polícia 0 Comentários

Blitz multa motoristas e apreende carros após show da dupla Jorge e Mateus

Blitz  autuou mais de 30 motoristas na Avenida Tancredo Neves, no bairro Jardim Petrópolis e na Avenida Beira Rio, próximo à casa de shows Musiva, em Cuiabá. A operação teve

Notícias 0 Comentários

PT DEFENDEU FIM DO 13º: A VERDADE SOBRE AS DECLARAÇÕES DO GENERAL MOURÃO

As declarações general da reserva Hamilton Mourão, vice de Jair Bolsonaro (PSL) sobre direitos trabalhistas foram o estopim para a esquerda começar um ataque. No entanto os mesmos esquerdista que

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta