PF cumpre mandados contra acusados de comercializar dinheiro falso em Cuiabá

PF cumpre mandados contra acusados de comercializar dinheiro falso em Cuiabá

A venda das cédulas falsas era feita por meio de troca de mensagens em aplicativos de mensagens instantâneas

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (22), a Operação Real Fake, que visa combater a oferta e a comercialização de moeda falsa feita através de redes sociais e aplicativo de mensagens instantâneas e chamadas de voz para smartphones.  As cédulas falsas são oferecidas pelos investigados como sendo de ótima qualidade e são encaminhadas aos compradores pelos Correios. 

Policiais federais cumpriram sete mandados de busca e apreensão expedidos pela Sétima Vara Federal em Cuiabá-MT, para coletar provas nos endereços de pessoas que compraram as cédulas falsas bem como na residência de um dos suspeitos de revendê-las.

A investigação ocorre desde o início do ano e conta com o apoio de experts na análise dos conteúdos de objetos postais por meio das imagens do raio-x dos Correios de Mato Grosso.

Em junho, um homem foi preso em flagrante em São Paulo-SP quando estava prestes a enviar pelos Correios diversos objetos postais contendo cédulas falsas. Foi constatado que o preso tinha diversos antecedentes criminais entre elas o envolvimento em explosão de caixas eletrônicos e formação de quadrilha.

A próxima etapa da operação será a análise dos materiais apreendidos visando a identificação não apenas de outros compradores e fornecedores como também dos falsificadores das cédulas monetárias.

Assessoria

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Notícias

CASO CHARLIE GARD: O BEBÊ BRITÂNICO EM ESTADO TERMINAL TENTA SOBREVIVER COM AJUDA DE TRUMP, JUSTIÇA BRITÂNICA DETERMINOU A EUTANÁSIA

Charlie sofre de síndrome de miopatia mitocondrial, uma síndrome genética raríssima e incurável que provoca a perda da força muscular e danos cerebrais. Ele nasceu em agosto de 2016 e,

Notícias

CAOS NA SAÚDE: HOSPITAL DE BARRA DO BUGRES SEM ALIMENTOS E REMÉDIOS

Os funcionários do Hospital Regional de Barra do Bugres, a 169 km de Cuiabá, denunciaram a falta de insumos, alimentos e remédios para atendimento dos pacientes na unidade. O hospital,

Mato Grosso

AUDICOM PROTOCOLA DENÚNCIA NO TCE CONTRA PREFEITURA DE RONDONÓPOLIS

A Associação dos Auditores e Controladores Internos dos Municípios de Mato Grosso – AUDICOM-MT, protocolou, na segunda-feira (10), uma denúncia junto ao Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso