Reprodução PETISTA ENDOSSA E CHAMA ELEITORAS DE BOLSONARO DE “PUTAS”

PETISTA ENDOSSA E CHAMA ELEITORAS DE BOLSONARO DE “PUTAS”

Vereadora do PT, Edna Mahnic, causa nova polêmica e o PT se enrosca nas próprias pernas.

Um “ataque” grosseiro contra as mulheres, tomou conta do município de Primavera do Leste-MT (244 KM de Cuiabá), a professora e única vereadora do partido dos trabalhadores (PT) no município, desta vez abusou da liberdade de expressão para agredir as mulheres. A petista que ocupa a presidência da COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA, SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL da câmara municipal, resolveu compartilhar e endossar, por meio de publicações em seu facebook, mensagens ofensivas e preconceituosas, o ato pode ser considerado “discurso de ódio” contra mulheres e profissionais do sexo.

A mensagem grosseira, compartilhada, chama de “prostitutas” as eleitoras que votaram no presidente Jair Bolsonaro. Entre outras coisas postagens que ferem o decoro parlamentar e as cidadãs de Primavera do Leste e de todo o Brasil.

Segundo informações, um grupo de eleitoras de Bolsonaro, estaria organizando uma manifestação no plenário da câmara de Primavera do Leste na sessão que ocorrerá nesta segunda-feira (29) às 18h. O objetivo da manifestação será exigir, no mínimo, uma retratação da parlamentar.

Em uma das publicações postadas e compartilhadas pela “professora” e vereadora Edna Mahnic, em sua página no facebook, literalmente falou que as eleitoras de Bolsonaro participariam do “programa mais puta”. E, em outra publicação usou um meme que indicava que Bolsonaro estaria oferecendo a Primeira Dama Michelle Bolsonaro, para a fins sexuais.

Veja as publicações:

A vereadora vem utilizando recorrentemente publicações no facebook para atacar o presidente da república e os projetos de governo, numa tentativa desesperada de desestabilizar o recém-chegado governo de direita. Se não bastasse, agora, a vereadora, passou a atacar as mulheres e as profissionais do sexo.

Conforme o regimento interno da Câmara de Primavera do Leste, os parlamentares que infringirem o Art. 75, que relata sobre entre outras coisas a conduta pública do parlamentar, estará sujeito a processos e medidas disciplinares que prevê desde a censura do infrator e até mesmo a perda do mandato.

Apesar dos vereadores possuírem a chamada imunidade parlamentar, para que possam expressar livremente suas opiniões isso não significa que o vereador pode cometer crimes de ódio, ou fazer apologia a crimes.

Edna esqueceu que, mesmo sendo discursos fajutos, os petistas dizem defender tanto as “putas” quanto às mulheres. E, nessa atitude da vereadora, ela agrediu tanto as putas quanto as mulheres.

Esses atos grosseiros e preconceituosos são incompatíveis com a função de vereadora e de uma Presidente de uma Comissão de Educação. Essa é uma reflexão que os vereadores e os cidadãos de Primavera do Leste deveriam fazer.

Veja o que diz o regimento:



Redação

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Destaques

Pátio culpa Prefeito de Primavera e passa informações erradas em coletiva

Na coletiva que o prefeito de Rondonópolis José Carlos do Pátio (SD), concedeu junto com o comitê de gestão de crise, sobre novas regras e estratégias para combate ao corona

Destaques 0 Comentários

RODRIGO DA ZAELI VAI A BRASÍLIA ACOMPANHAR PROJETO DE CRIAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDONÓPOLIS

O presidente da Câmara de Rondonópolis, vereador Rodrigo da Zaeli (PSDB), foi a Brasília, junto a outras autoridades, para acompanhar o trâmite do Projeto de Lei da Câmara nº 02/2018,

RONDONÓPOLIS

ABERTURA DE SUPERMERCADOS E SERVIÇOS ESSENCIAIS NO FIM DE SEMANA DEPENDEM DO COMITÊ DE CRISE EM RONDONÓPOLIS

A reunião do Comitê de Gestão de Crises, que aconteceu nessa manhã de quarta-feira (24) em Rondonópolis, acabou sendo suspensa e terá continuidade provável mente no início da tarde deda

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comente este post!

Deixa uma resposta