Paulinho o “incompetente” centraliza verbas da cultura

Paulinho o “incompetente” centraliza verbas da cultura

Um auxílio emergencial para trabalhadores e espaços culturais afetados pelo covid -19 no valor de R$ 3 bilhões, recursos provenientes do governo federal já estão sendo disponibilizados aos estados e municípios.

No entanto em Rondonópolis, a secretaria de cultura sob a gestão de Humberto Campos, é na verdade comandada pelo gerente do Núcleo de Eventos da Secult, Paulo Rogério Menezes. Que é verdadeira mente que manda e desmanda na secretaria.

O aliado do prefeito Zé do Pátio (SD) consegue ser mais centralizador que o seu mestre, o gerente da cultura é especialista na arte da incompetência na gestão pública.

Graças a ele que não se articula, quando o assunto e realização de sua secretaria, nenhuma proposta clara e objetiva tem sido debatida com os profissionais de eventos, artistas e dependentes da arte e cultura para sobreviverem.

Lamentável, que nossos artistas locais e suas famílias estejam dependendo de representantes “sonsos e incompetentes”. Neste um momento que todos atravessam, e que os auxílios financeiros devem alcançar os que necessitam.

Em uma coisa Paulo Rogerio é especialista, ficar em grupo de WhatsApp defendendo a gestão de Pátio, e gravar vídeos ridículos criticando empresários que desejam alavancar Rondonópolis.

 Marreta Neles!

Talvez você também goste

Marretadas 0 Comentários

TENSÃO POLÍTICA NO MT: PRISÕES PODEM SER DECRETADAS NOS PRÓXIMOS DIAS

Nos próximos dias Mato Grosso, será palco de uma grande operação da Polícia Federal, que deve levar autoridades e políticos à prisão, segundo informações os pedidos de prisões já estão

Notícias 0 Comentários

EMANUEL PINHEIRO E O PONTO DE 1 MILHÃO DE REAIS

A reforma da estação de ônibus da Praça Alencastro em Cuiabá, que de acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), custou R$ 1,2 milhão, tem causado polêmica em

RONDONÓPOLIS 0 Comentários

MARILDES DIZ QUE NÃO HOUVE CONVITE PARA PSB ASSUMIR STAFF DE PÁTIO

A presidente do diretório municipal do PSB em Rondonópolis, Marildes Ferreira ao Marreta Urgente, que o partido não recebeu qualquer convite oficial para que membros da legenda venham a participar