PÁTIO É CONDENADO POR IMPROBIDADE SEM EFEITO IMEDIATO E SEGUE FIRME PARA 2020

PÁTIO É CONDENADO POR IMPROBIDADE SEM EFEITO IMEDIATO E SEGUE FIRME PARA 2020

A justiça sentenciou o prefeito José Carlos do pátio (SD) de Rondonópolis, a perda dos direitos políticos por cinco anos, além de multa de 20 salários que recebia em 2011.

A sentença foi proferida pelo juiz Francisco Rogério Barros da 1ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Mato Grosso, por improbidade administrativa praticada em seu primeiro mandato em 2009. A ação foi movida pelo Ministério Público Estadual – MPE, e relatava um contrato de serviços de publicidade entre o município e a empresa BRITO DOS SANTOS E KOBERSTEIN LTDA.

Segundo a sentença houve danos ao erário público, uma vez que o serviço inicialmente contratado pelo valor de R$ 600 mil, acabou custando aproximadamente R$ 4,6 milhões com os aditivos e prorrogações.

A decisão judicial ainda cabe recurso e não tem efeito imediato, por este motivo e segundo a defesa somente após o julgamento em segunda instancia e após todos os recursos é que a decisão poderia ter efeito sobre a possível inelegibilidade do prefeito.

Compartilhe:

Sobre o Autor

Talvez você também goste

Principal Destaques 0 Comentários

PAULO JOSÉ REBATE PRESIDENTE DA CÂMARA DE RONDONÓPOLIS” HIPOCRISIA NÃO É PALAVRA DE BOM TOM”.

 O secretário Municipal de Habitação, Paulo José rebateu a fala do presidente da câmara Rodrigo Zaeli, que havia dito em sua fala na tribuna da câmara.  “O secretário errou em

Destaques 0 Comentários

CÁRMEN LÚCIA BATE DE FRENTE COM LULA E AÇÕES DO PT CONTRA O JUDICIÁRIO

A presidente do Supremo Tribunal Federal ministra Cármen Lúcia , abriu os trabalhos da corte em 2018 fazendo um discurso duro em defesa do Judiciário. “Pode-se ser favorável ou desfavorável

TOFFOLI ASSUME STF COM DISCURSO DE REVERTER ATIVISMO DA CORTE

Ao tomar posse como presidente do Supremo, ontem, José Antonio Dias Toffoli assumiu propondo uma mudança de rumo na Corte. “É dever do Judiciário pacificar os conflitos”, sugeriu no discurso