Oswaldo Eustáquio denuncia fraudes em concessões de canais de TV

Oswaldo Eustáquio denuncia fraudes em concessões de canais de TV

Em recente denúncia, o jornalista Oswaldo Eustáquio, em novo vídeo publicado no YouTube, apontou um esquema de fraudes no sistema de concessões de emissoras de rádio e televisão.
Cerca de 144 pedidos para rede de transmissão em 19 estados foram realizados por três pequenas fundações, sendo que uma delas pode se tratar de uma empresa fantasma.


“No mesmo período em que sete jornalistas conservadores estão com sua voz censurada, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTIC) avançou na aprovação de 70 canais para um grupo ligado à políticos de esquerda no Brasil”, revela Oswaldo.


Em junho deste ano, Ministério das Comunicações foi desmembrado do MCTIC e passou a atuar de forma independente sob coordenação do novo ministro, deputado Fábio Faria (PSD-RN). Portanto, a pasta é agora a responsável por analisar os pedidos de concessões de frequências de rádio e canais de TV.
De acordo com a denúncia protocolada no MP do Paraná, as fundações Valentin Bruzon e Três Fronteiras foram supostamente favorecidas pelo Secretário de Radiodifusão do MCTIC, Elifas Chaves Gurgel do Amaral, ex-presidente da Anatel durante governo Lula.


Assim como, por colaboração dos ex-Diretores do Departamento de Radiodifusão Comercial e de Fiscalização do Ministério, Fábio Ferreira Lima e Marcos Vinicius Pauletti, que foram exonerados em maio.
A partir da análise de documentos, Oswaldo Eustáquio aponta que certos pedidos de concessão do grupo tem sido apreciados em até 48 horas. Enquanto de empresas concorrentes são analisados, em uma média de 30 dias.


Empresa fantasma Faria Carvalho Comunicação Ltda no Paraná passou a representar a Fundação Valentin Bruzon na solicitação dos canais, mas o local apontado como sede de uma rede televisiva é aparentemente de fachada.

O proprietário Henderson Santos de Faria, casado com uma das herdeiras da fundação Bruzon, é apontado como líder da operação e confirmou o pedido de 16 retransmissoras em 2020. Mas, o advogado do grupo, Filipe Martins, não quis comentar o caso.

Talvez você também goste

Destaques

Verdade ou Fake: Festa de 150 pessoas e o Corona Vírus em Rondonópolis

O país inteiro trava uma luta contra a disseminação do novo Corona vírus, em Rondonópolis onde até o momento somente um caso foi confirmado e existem alguns casos suspeitos, áudios

Economia

MEC anuncia internet gratuita para estudantes carentes de instituições federais

O Ministério da Educação anunciou, nesta quarta-feira (01), a liberação de um pacote de plano de dados para estudantes carentes de universidades e institutos federais para a retomada das aulas

Notícias 0 Comentários

DOMINGO SANGRENTO: ATROPELAMENTO E MORTE NA BR 364 EM RONDONÓPOLIS

Mais um acidente com morte na travessia urbana de Rondonópolis, o atropelamento aconteceu neste domingo (23) por volta das 15h um homem foi atropelado em Rondonópolis em frente ao SENAI